ColunistasCrônicas

Como luz no escuro você reapareceu…

COMO LUZ NO ESCURO VOCÊ REAPARECEU capa e dnetro

Mais uma vez…



Como uma luz no escuro você reapareceu, se lembrou de tudo o que esqueceu?

Ou encontrou no chão tudo aquilo que perdeu?

Você mais uma vez aqui, veio para ficar ou já vai partir?


Pensa em dormir, tomar um banho, se despir? Ou vai tomar um café e fugir?

Vai se levantar, comigo o dia passar, comigo caminhar e na minha mão segurar? Ou dizer que no próximo avião precisa entrar?

Você mais uma vez voltou. Veio para o jantar? Ou vai deixar a comida esfriar?

Como sombra na escuridão você se foi, desapareceu, se perdeu no caminho ou voltou para o ninho?


De vento e luz você se construiu, como não vou falar de tudo o que você destruiu?

Como fogo em palha você cresceu, me surpreendeu, me fez sorrir, me fez tudo sentir, me fez querer ir além da razão, me fez lembrar que existe coração.

Mais uma vez aqui você está, vai me levar para ver o mar, ou vai mais uma desculpa me dar?
Vai me fazer sorrir, ou vai mais uma vez me fazer chorar?


Mais uma vez o seu rosto vou ter que olhar. Vai dessa vez se entregar, ou vai de novo fugir, se esconder onde nem você possa se encontrar?

Como um rastro de sonho você apareceu, se lembra de tudo o que a gente viveu? Ou vai fingir mais uma vez que nada aconteceu?

Mais uma vez aqui você está. Vai comigo na mesa sentar, comigo a noite passar, ou posso abrir a janela e pedir ao vento para de volta te levar?


Com prazer, sem sofrer!

Artigo Anterior

Confesso: passei a querer que minha filha desacreditasse do papai noel…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.