Como mudar um hábito ruim em 3 passos:



Você pode mudar qualquer hábito ruim com esses 3 passos.

Eu iniciei o processo com coisas simples como: parar de comer chocolate, parar de reclamar, dormir tarde, ficar na internet até altas horas, perder tempo com a TV, parar de reclamar, deixar o mau humor etc.

Escolha por onde você deseja começar primeiro. Como eu queria parar de comer chocolate que me trazia muitos malefícios desde perda de energia, sono, cansaço, insônia, pensamento acelerado até o aumento de peso, eu comecei a observar esses 3 aspectos:

1 – O lugar ou ambiente onde ocorria o hábito;

2 – O tempo ou circunstância que detonava o desejo de comer chocolate;

3 – O sentimento que eu tinha antes e durante o momento do gatilho, da vontade (item mais importante).

O nosso cérebro faz um caminho 21 vezes/dias, e então está cavado/trilhado no seu ser (entenda-se na sua mente) o hábito.

Para você conseguir mudá-lo é necessário que conscientemente você descubra o que o leva a tomar certas atitudes, para então, você alterar esse caminho por livre e espontânea vontade, com o simples ato de alterar a rotina, e isso pede comprometimento.

O fracasso em tentar mudar velhos hábitos ou comportamentos nada mais é que você desistir de alterar o hábito traçado, ou não se comprometer o suficiente para traçar um caminho novo. E lembre-se que é fundamental que o comportamento ruim seja substituído imediatamente por um comportamento positivo, senão o caminho antigo volta a ser usado.

O que leva alguém a comer mais do que o necessário ou comer alimentos não saudáveis por longos períodos é algo bem mais profundo do que parece, e é perda de tempo simplesmente pensar que ela vai seguir uma dieta hipocalórica e praticar exercícios físicos para mudar de vida. Existe algo escondido por trás do descontrole da comida, e por trás de muitos outros comportamentos nocivos.



Lembre-se de que você nasceu puro, uma criança limpa e leve, e foi adquirindo crenças, hábitos e comportamentos ao longo da sua existência, além de carregar outros na sua alma, quiçá ela exista antes do seu nascimento.

Agora, com a sua consciência você pode mudar o que deseja ao perceber a ação que detona o gatilho que te dá o prazer do hábito, ou pagar o preço por ficar com um comportamento ruim. Para traumas mais complexos como drogas que quimicamente são viciantes, o processo pode demorar mais por ter comprometido mais profundamente nossos caminhos neurais e química cerebral. Nós somos a média das 5 pessoas com quem mais convivemos, portanto, pense nisso: quanto melhores os seus hábitos, melhores as pessoas com quem você pode conviver (por atrair tais pessoas), e melhor é sua vida.

Pense no músico que para se destacar e se juntar a uma grande orquestra teve que se dedicar muito, e criar o hábito de usar 5% de inspiração mais 95% de suor antes de conseguir seu objetivo, ou seja, ele criou o hábito de se esforçar cada vez mais para se superar e ficar a cada dia melhor.

Um degrau por dia, um dia de cada vez…

Um beijo e até semana que vem!

Simoni Venturini

_________

Direitos autorais da imagem de capa: djoronimo / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.