COMO ORGANIZAR UMA ROTINA…

Ter uma rotina quando estamos no colégio, ou até mesmo na faculdade é algo muito simples, afinal, nossas rotinas são pré-definidas para nós.

Os estabelecimentos decidem a que horas teremos que estudar quais matérias, a que horário comeremos, etc. Mas a vida adulta não é tão simples, ainda mais quando não são nossas mães que continuam guiando nossas vidas.

Mas isso não é algo tão simples de ser organizado. É preciso de uma coisinha que na área profissional chamamos de logística.

Logística é organizar as coisas. Podem ser demandas e ofertas ou podem ser apenas tempo. Podem ser produtos, necessidades. De maneira geral, é uma organização total daquilo que é preciso para que uma determinada função seja realizada.

Nas nossas vidas, precisamos de logística.

Temos que acordar, tomar banho, escovar os dentes, cuidar de nós mesmos de várias formas, unhas, cabelo, barba…

Ainda temos que cuidar de nossa alimentação e isso requer ir ao mercado, somar dinheiro, ver o que podemos e o que não podemos comprar, pensar em balancear alimentação saudável com aquele trinfo de comer algo gostoso após o trabalho, pesquisar preços, conseguir um bom momento para ir ao mercado, feira, etc…

Além disso, precisamos gerir o que precisamos cozinhar antes, o que comer antes que estrague, quanto tempo temos para cozinhar…

Aí vem a casa… nem queremos pensar nela. Muitas vezes a deixamos em último lugar. Afinal, dá para viver sem estar num ambiente 100% limpo e organizado, mas não dá para viver sem dormir, comer ou trabalhar. Será? Já viram como uma casa bagunçada atrapalha nossas vidas?

A organização principal deve começar pelo seu local de descanso.

Se onde relaxas não estiver tudo bem, não haverá relaxamento.

Portanto, antes de fazermos nossa lista de organização, precisamos primeiro limpar a casa, jogar o lixo fora e deixar o ambiente iluminado e amplo para que as energias fluam, se renovem e circulem.

O mundo é feito de energia, acreditem.

Tire um dia com calma, resolva tudo.

Uma casa bagunçada atrai preguiça, que vira um ciclo de procrastinação para aquilo que realmente importa em nossas vidas.

Após isso, vamos fazer nossas listas.

Não adianta, comigo ao menos, estabelecer horários para tudo. Tipo agenda de médico… eu sou a primeira a querer mudar as coisas de ordem ou repensar em como posso mudar minha listinha.

Portanto, estabeleço para a semana.

No domingo penso: o que tenho que fazer esta semana de forma inadiável?

Muitas vezes não conseguimos estabelecer o que seria inadiável, mas se pensarmos primeiramente em nossos sonhos, pensaremos em quais ferramentas são as principais para que nossos sonhos comecem a caminhar na direção certa.

Eu, por exemplo, quero ser escritora e professora.

Enquanto não sou uma escritora super famosa ou não tenho competências suficientes para me candidatar a uma vaga de professora em uma grande universidade, penso: como posso adquirir conhecimento e experências para que eu um dia tenha habilidades para estas coisas?

Logo, ler todo dia torna-se essencial, ter contato com os idiomas que estudo a cada dois dias pelo menos, torna-se essencial, ler notícias todos os dias torna-se essencial… e por aí vai.

Eu sugiro então que, primeiro, arrumem a casa, façam de seu ambiente particular um ambiente agradável.

Depois, tracem planos de vida. O que eu quero ser no final de tudo? Professor? O que eu preciso fazer todos os dias para que isso se torne uma realidade? Como fazer isso?

E então, distribua pela sua semana tais atividades.

Anote no primeiro dia da semana, sim, o domingo, quando não tiver nada de útil para fazer, aquilo que precisa fazer durante a semana.

Mas limite-se a poucas coisas.

Admita que não é Deus e que não pode fazer tudo em uma semana.

Estabeleça metas baixas, curtas, pois ao aintgí-las, o estímulo será maior de continuar.

Estabelecer metas inalcançáveis apenas frustra.

Após colocar na agenda essas coisas onde ninguém organizará para você, preencha uma tabela com seus horários de emprego, academia, etc.

Eu não gosto de horas certas, então coloco: academia na manhã ou noite de tais dias, trabalho todos os dias, etc…

Mas deixe uma parte do dia reservada para essas coisas extras a trabalho e obrigações…

Depois pense: qual o melhor dia para eu cuidar de mim mesma e da minha vida? Comida, mercado, salão, contas, etc? Faça todas essas coisas que não exigem concentração demais de uma vez só. Deixe a comida pronta, a casa limpa, as contas pagas, a unha feita, tudo num dia só e aproveite o restante para desfrutar de sua organização.

Eu sugeriria ou um dia livre na semana, ou sábado.

E antes de tudo, prazos.

Sem prazos, nada anda.

Somos seres muito bem preparados para atrasar tudo, então, limites e prazos precisam ser estabelecidos.

Uma hora para arrumar a casa pela manhã, meia hora de caminhada, meia hora para isso, uma para aquilo, e assim vai.

Não precisa ser regrado, mas estabeleça coisas para aquele dia e limites e vá brincando com a logística ao longo daquele dia.

Cuidar da própria vida é difícil, precisa ter ordem, responsabilidade, critérios, prioridades, enfim, muitas coisas.

Espero que se cuidem e que tenha ajudado.

Uma pessoa com boa energia é capaz de tudo. Contribua para a sua energia. Seja organizado, preparado para a sorte e abuse da felicidade, pois verá o quanto crescerá se estabelecer estes limites e o quanto de tempo livre surgirá ao definir suas logísticas pessoais.

Cada um tem uma melhor maneira de lidar, mas a quem não sabe por onde começar, eu comecei assim. E acreditem, levei um ano para descobrir estas coisas.

Se conhecer leva tempo…

Namastê



Deixe seu comentário