AmorRelacionamentos

Como salvei meu casamento

Em fase terminal, quando um não suporta mais a presença do outro, e uma terceira pessoa surge para acabar de vez com a relação, é muito difícil que o casamento resista, principalmente se nenhum dos dois tiver coragem e forças para se levantar e lutar para que o casamento seja reconstruído.



Mas nem tudo está perdido. Há um ditado muito famoso que pode ser aplicado neste caso: “Quando um não quer, dois não brigam”. Essa é a primeira lição para quem quer salvar o casamento.

Se neste caso, o parceiro que vai guerrear pela relação é você, mulher, então preste atenção e siga fielmente as dicas abaixo.

Analise onde você errou


Como Salvar meu Casamento?

Não é hora de arranjar um culpado para a situação. É claro que um pode ter mais culpa do que o outro, mas em geral, é bem provável que ambos tenham errado. Então, esqueça por um momento qual o percentual de culpa do seu marido e foque no seu. Lembre-se que você não poderá mudá-lo. Somente ele poderá reconhecer seus próprios erros, mas ele pode ser influenciado a mudar só de ver a mudança em você. Liste os seus próprios erros num papel e tente encontrar a melhor maneira de repará-los.

Lembre o que te fez se apaixonar por ele

Como salvar o casamento


Quando casamento vai mal, chega uma hora que um não consegue mais enxergar as qualidades do outro. Muito pelo contrário, a convivência revelou tantos defeitos que você pode até se perguntar: “Como eu pude me apaixonar por ele?”. Mas você se apaixonou um dia, não foi? Tente lembrar de todas as qualidades que encontrou nele e liste-as num papel. Depois, tenho certeza que descobrirá que elas podem até superar os defeitos.

Esteja disposta a perdoar

Como Salvar meu Casamento?

Se você não está disposta a perdoar o seu marido de verdade por todos os erros que ele cometeu, inclusive traição, esqueça. Não há como reconstruir um casamento sem perdão. Além disso, é importante esclarecer que o ato de perdoar não pode ser só “da boca pra fora”. Tem que ser de verdade, sem mágoas, nem ressentimentos.


Reconheça seus erros para o seu marido e peça perdão

Como Salvar meu Casamento?

 

Lembra da lista dos erros cometidos por você (primeiro tópico)? Pois bem. Não espere que o seu marido se arrependa, pois pode ser que isso demore muito para acontecer. Tome a iniciativa, vá até ele e, humildemente, reconheça os seus e peça perdão.


É difícil ter que fazer isso sozinha, sabendo que ele cometeu vários erros e não demonstrou arrependimento, mas essa postura ficará marcada na mente dele. Cuidado para não ficar zangada e acabar jogando a culpa na cara dele. Isso seria muito pior!

Trate-o bem e com carinho

Como Salvar meu Casamento?

Se estamos falando de reconstruir um casamento, é claro que a principal ferramenta será o amor. Pequenos gestos de respeito poderão tocar o coração do seu marido. Nada de xingamentos, falatórios e reclamações. Trate o seu marido da mesma forma que você o tratava quando se casaram. Se tinham o hábito de tomar café da manhã juntos, tente resgatá-lo. Experimente preparar a omelete ou o guisado favorito dele. Demonstre carinho.


Surpreenda o seu marido

Como Salvar meu Casamento?

Não tenha medo de parecer uma boba. Ninguém tem nada a ver com a sua vida, e a mais interessada em salvar o casamento é você.

Que tal ligar para o celular dele durante o dia, horário em que ambos estão no trabalho, não para saber onde e com quem está, mas apenas para perguntar se está bem, e quem sabe, dizer que ainda o ama. Talvez um jantar especial em casa (se tiver filhos, deixe-os na casa dos avós), para uma conversa tranquila, sem questionamentos ou acusações.


Seduza o seu marido

Como Salvar meu Casamento?

Se ele estiver reagindo bem à sua mudança, tente atraí-lo sexualmente. Jogue fora as calcinhas velhas e trate de se cuidar. Fique linda, perfumada e use uma lingerie provocante. Não tente fazer nada extravagante. Apenas seduza-o discretamente, sem que ele perceba que está caindo numa “armadilha”. Mas é uma armadilha do bem.

Não desista


Como Salvar meu Casamento?

Recuperar o respeito e carinho do outro nesta fase crítica já não é uma tarefa fácil, agora imagine fazer com que ele se apaixone de novo. É realmente difícil, mas não desista na primeira tentativa frustrada. Trate o seu marido bem sempre, mesmo se por enquanto ele não retribuir. Com o tempo o coração frio dele poderá ir se aquecendo à medida que você vai tentando reconquistá-lo. Mas é preciso persistir!

Quando a gente ama, vale a pena qualquer esforço. Tenha coragem e use as ferramentas que nenhuma outra mulher tem. Só você. Boa sorte!

 


Hábitos que ajudam a crescer mental e fisicamente

Artigo Anterior

Se o amor da minha vida não chegar

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.