5min. de leitura

Como são contraditórias as pessoas que não querem nos perder, mas escolhem mentir para nós

O que esperamos de alguém que está sempre ao nosso lado e diz nos amar é companheirismo, honestidade, empatia e amor.


Algumas vezes é realmente difícil compreender o comportamento das pessoas em nossas vidas. Elas dizem nos amar, mas vivem constantemente encontrando maneiras de nos entristecer. Dizem que querem estar sempre ao nosso lado, mas a todo momento têm atitudes que nos afastam cada vez mais. Dizem que querem viver algo verdadeiro conosco, mas sustentam o relacionamento à base de mentiras.

É muito estranho para nós acreditar que alguém que está constantemente nos magoando realmente queria nos manter em sua vida. O que esperamos de alguém que está ao nosso lado e diz nos amar é companheirismo, honestidade, empatia e amor. Esperamos que essa pessoa se esforce para viver bem conosco, que confie em nós e que aja de uma forma que permita que nós também confiemos nela.

As pessoas que querem nos perder devem agir de acordo, mas nem sempre é isso que encontramos em nossos relacionamentos.

Em grande parte das vezes, doamos tudo de nós a alguém, investimos o nosso tempo e energias em estar ao seu lado, abrimos os nossos corações, mesmo feridos, para dar uma outra oportunidade a nós mesmos e acreditamos que dessa vez as coisas serão diferentes, mas enfrentamos os mesmos problemas de sempre: falta de compromisso, falsidade e mentiras.


Isso acontece em todos os relacionamentos, desde familiares até os de amizade e nos deixa desesperançosos, porque repetimos os mesmos padrões diversas vezes, até começarmos a questionar se o problema está conosco.

No entanto, o erro não está em quem confia e dá oportunidade a outras pessoas, mas sim em quem retribui gentileza com mentiras e arrisca perder um relacionamento feliz por atitudes infantis e desrespeitosas.

Como evitar desgastar nossos relacionamentos com a mentira?

Não importa qual a situação que enfrentamos em um relacionamento, a solução nunca é mentir ou enganar. Quando optamos por mentir, abrimos mão de um dos sentimentos mais importantes em qualquer relação: a confiança.


Ao mentir, nós nos desfazemos de toda a cumplicidade e do companheirismo. Mostramos não nos importar com todos os momentos que passamos junto àquela pessoa, toda as tristezas que superamos e todas as alegrias que dividimos. Quando mentimos, abrimos mão de ter a outra pessoa ao nosso lado e deixamos claro que ela não é importante assim para merecer a nossa lealdade e respeito.

No entanto, muitas vezes não refletimos sobre todas as consequências que as nossas atitudes podem acarretar, acreditamos que o outro nunca descobrirá e que os fins justificam os meios. Mas a verdade sempre vem à tona e quando a pessoa descobre que nós preferimos mentir a ser honestos, o relacionamento atinge um ponto em que raramente há como voltar atrás.

É muita ironia tentar manter alguém em sua vida através das mentiras. Nossos pais, irmãos, amigos ou parceiros românticos merecem muito mais do que isso, eles merecem a nossa melhor versão, a mais honesta e gentil.

Saiba dar às essas pessoas o valor que merecem e certifique-se de que sempre lhes oferecer a verdade, porque esse é o melhor jeito de conservar a sua relação independentemente do que aconteça.

Quando a verdade é a base de um relacionamento, a confiança está sempre presente, assim como a certeza de que tudo pode ser superado.


Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa: Pixabay.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.