Felicidade

Como ser feliz

eeee2

A felicidade – é aquilo que todos nós lutamos para encontrar e manter, mesmo quando ela se encontra em seu estado mais elusivo. Ninguém é feliz o tempo todo, mas algumas pessoas definitivamente são mais satisfeitas que outras. Estudos revelam que a felicidade tem pouco a ver com bens materiais ou grandes conquistas; ela se conecta à sua visão de mundo, à qualidade de seu relacionamento, e a amenidades básicas como bons governos e bons recursos comunitários. Continue lendo para descobrir mais dicas e truques sobre como descobrir seu lado mais feliz.



aaa

Seja otimista.

Nos anos 70, pesquisadores seguiram pessoas que ganharam na loteria. Após um ano de pesquisa, os pesquisadores descobriram que os ganhadores não eram mais felizes que a enorme massa de perdedores. Essaadaptação hedônica sugere que todos temos um nível base de felicidade. Não importa o que aconteça, bom ou mau, o efeito em nossa felicidade é temporário, e tendemos a voltar a esse nível base. Algumas pessoas possuem um nível base de felicidade maior que outras, sendo que isso acontece devido à genética. Apesar de tudo, o nível também é amplamente influenciado pela sua maneira de pensar.


  • Leve em conta todas as pequenas coisas felizes que lhe acontecem durante o dia. Por exemplo, não houve trânsito na estrada; você tomou um ótimo café-da-manhã; seu amigo disse algo engraçado que lhe fez rir; você levou o cachorro para passear no parque e brincou com ele. Todos esses elementos juntos geram uma única grande felicidade.
  • Olhe o copo como estando meio cheio em vez de meio vazio. Sua namorada decidiu se separar de você? Eis sua chance de encontrar outra pessoa! Perdeu o emprego? Agora você tem a oportunidade de encontrar um ainda melhor! Ajuste sua mentalidade para que tudo tenha seu lado positivo.
  • Coloque-se em situações onde boas coisas tenham mais chances de acontecer. É fácil se manter otimista se você se preparar para o sucesso. Trair um parceiro, ou roubar uma bicicleta – coisas que são temporariamente animadoras – raramente acabam bem para qualquer parte envolvida. Pergunte-se antes de agir: Estou me preparando para o sucesso ou para a falha?

  • Pense em sua situação atual (por mais difícil que ela possa ser) e pense como outras pessoas possuem problemas ainda maiores. Apenas fique feliz por não estar numa situação pior. Aprenda a aproveitar a vida!

 

Siga seus instintos.


Em um estudo, dois grupos de pessoas tiveram a oportunidade de escolher um pôster para levar pra casa. Um grupo teve de analisar a decisão, pesando prós e contras, enquanto que o outro teve de seguir as próprias vontades. Duas semanas depois, o grupo que seguiu os próprios instintos estava mais feliz com os pôsteres do que o grupo que ponderou sobre a decisão. Agora, algumas de nossas decisões são mais cruciais do que escolher pôsteres; porém, na hora em que ponderar sobre sua escolha, as opções comparadas provavelmente serão muito semelhantes, sendo que as diferenças apenas afetarão temporariamente sua felicidade.

  • Da próxima vez que tiver de tomar uma decisão, e estiver diante de apenas duas ou três opções, selecione aquela que lhe deixa mais confortável e siga com ela. Jamais se arrependa de suas decisões. Apenas viva de acordo com esses três elementos vitais: escolhas, oportunidades e mudanças. Você precisa fazer uma escolha para aproveitar a oportunidade, ou sua vida nunca mudará.

bbbb

Ganhe dinheiro o suficiente para arcar com necessidades básicas:

comida, abrigo e roupas. No Brasil, o número mágico é R$3.000 por mês. Qualquer quantia acima disso não lhe deixará necessariamente mais feliz. Lembra-se dos vencedores das loterias mencionados anteriormente? Rios de dinheiro não lhes deixaram mais felizes. Assim que você fizer o suficiente para arcar com necessidades básicas, sua felicidade não será significativamente afetada pela sua renda, mas pelo seu nível de otimismo.


  • Seu conforto pode aumentar com seu salário, mas não é o conforto que traz felicidade. Ele entedia as pessoas. É por isso que é importante sair da zona de conforto para turbinar o crescimento pessoal.

cccc

Trate seu corpo como ele merece para ser feliz.


Pode parecer estranho dizer isso, mas seu cérebro não é o único órgão no corpo que merece ser feliz. Pesquisadores descobriram que exercícios, dietas saudáveis e o sono regular são fatores fundamentais para o crescimento e a manutenção da felicidade.

  • Pessoas fisicamente ativas têm maiores incidências de entusiasmo e animação. Cientistas creem que o exercício faz o cérebro liberar compostos químicos conhecidos como “endorfinas”, que melhoram nosso humor.
  • Coma direito. Comer alimentos saudáveis – frutas e vegetais, carnes magras e proteínas, grãos integrais, nozes e sementes – dá ao corpo e ao cérebro a energia necessária para um funcionamento saudável. Alguns cientistas especulam que dietas pouco saudáveis – especialmente aquelas ricas em carboidratos processados, açúcares e gorduras vegetais industrializadas – são as principais responsáveis por encolhimento cerebral e outras doenças, como depressão e demência.

  • Durma o bastante. Estudos após estudos confirmam um fato: quanto mais você dorme, mais feliz tende a ser.  Conseguir uma única hora extra de sono por noite deixa a pessoa mais feliz do que um salário mensal de R$3.000. Portanto, caso esteja na meia idade, almeje dormir oito horas por noite; os jovens e os idosos devem tentar dormir de 9 a 11 horas por noite.

670px-Happy-Family-Triptych

Permaneça próximo de amigos e familiares:


Ou, mude-se para onde eles estão para poder vê-los mais. Nós vivemos em uma sociedade móvel, onde pessoas seguem empregos ao redor do país e, ocasionalmente, ao redor do mundo. Fazemos isso por acharmos que aumentos salariais nos torna mais felizes – o fato é que nossos relacionamentos com amigos e familiares possui um impacto muito maior em nossa felicidade. Portanto, da próxima vez em que pensar em se mudar, considere que seria necessário um aumento salarial acima de R$100.000 para compensar a perda de felicidade causada pelo distanciamento de amigos e familiares.

  • Se os relacionamentos com familiares e amigos forem pouco saudáveis ou inexistentes, e se você estiver disposto a se mudar, escolha um local onde fará a mesma quantia de dinheiro que todos os outros; de acordo com pesquisas, pessoas tendem a se sentir financeiramente mais seguras (e felizes) quando possuem um nível financeiro semelhante ao das pessoas ao seu redor, independentemente do valor.

Seja compassivo.

A compaixão é sobre fazer algo gentil por alguém com necessidades, ou por alguém menos privilegiado que você. Um estudo de análise cerebral (onde cientistas analisam o cérebro das pessoas enquanto elas agem ou pensam) revelou que o nível de felicidade é o mesmo entre os atos de receber dinheiro e presenciar alguém doando para a caridade!

  • Pense em formas rápidas, fáceis e eficientes de transformar sua comunidade em um lugar melhor ao ser compassivo:
    • Tutore, voluntarie-se ou se envolva em um grupo de igreja. Inúmeras crianças buscam alguém que possa ensiná-las e servir de exemplo.
    • Faça um microempréstimo. O microempréstimo acontece quando você dá a alguém (normalmente, no mundo desenvolvido) uma quantia muito pequena de dinheiro para apoiar algum projeto econômico. Muitos microempréstimos possuem taxas de retorno acima de 95%.
    • Dê alimentos, roupas ou abrigos para pessoas necessitadas. É algo tão básico que normalmente deixamos de pensar nisso; ainda assim, são coisas de fácil fornecimento.

dddd

Tenha conversas profundas e significativas.

Um estudo feito por um psicólogo na Universidade do Arizona demonstrou que passar menos tempo participando em conversas pequenas e mais tempo em diálogos profundos e significativos pode aumentar a felicidade. Portanto, da próxima vez em que estiver enrolando uma conversa, vá direto ao ponto. Você ficará mais feliz por isso.

Encontre a felicidade no trabalho que você tem agora:

Muitas pessoas esperam que o trabalho correto mude dramaticamente seus níveis de felicidade. Mas pesquisas esclarecem que seus níveis de otimismo e a qualidade de seus relacionamentos eclipsam a satisfação ganha através do trabalho.

  • Caso tenha uma visão positiva, você obterá os melhores resultados em qualquer emprego; caso tenha bons relacionamentos, você não dependerá de seu trabalho para dar sentido à vida. Você encontrará o sentido nas interações com as pessoas que considera importantes. Você usará seu trabalho como um apoio em vez de transformá-lo no sentido de sua vida.
  • Não estamos querendo dizer que você não deve aspirar a um trabalho que lhe fará mais feliz; muitas pessoas descobrem que estar na carreira certa é uma determinação vital para alcançar a felicidade. Queremos dizer que você deve compreender que a capacidade de seu trabalho de fazê-lo feliz é bastante pequena comparada à sua atitude e aos seus relacionamentos.

eeee

Sorria.

A ciência sugere que, quando você sorri, independentemente de estar feliz ou não, seu humor melhora. Portanto, sorria o tempo todo se puder! Sorrir faz parte de um ciclo vicioso: o sorriso reforça a felicidade, assim como a felicidade causa o sorriso. Pessoas que sorriem durante procedimentos dolorosos afirmaram sentir menos dor do que aqueles que mantiveram expressões neutras.

fffff

Perdoe:

Em um estudo universitário, uma atitude de perdão contribuiu para uma saúde cardiovascular melhor. Poderíamos dizer que o perdão literalmente cura o coração. Apesar de ser desconhecido o fato de como o perdão afeta diretamente o coração, o estudo sugere que o ato de perdoar pode diminuir a percepção de estresse.

Faça amigos.

Em um estudo de 2010 publicado por pesquisadores de Harvard, na American Sociological Review, pessoas que visitaram regularmente a igreja relataram maior satisfação com a vida do que aquelas que não o faziam. O fator crítico era a qualidade das amizades construídas na igreja. Frequentadores de igreja que não tinham amigos próximos não eram mais felizes que pessoas que jamais frequentaram tais templos. Quando pesquisadores compararam pessoas que tinham o mesmo número de amigos próximos, aqueles que tinham mais amigos próximos na igreja estavam mais satisfeitos com as próprias vidas.

  • A diferença é a formação de amizades de acordo com interesses e crenças semelhantes. Portanto, se a igreja não lhe agradar, procure formar amizades com pessoas que possuem interesses semelhantes aos seus.
  • Ao interagir com pessoas que possuem interesses semelhantes, você se sente mais feliz devido às sensações de gratificação e bem-estar. Isso acontece porque endorfinas e dopaminas – neurotransmissores responsáveis pela sensação de felicidade e relaxamento – são liberadas no corpo durante tais interações. Em outras palavras, seu corpo é designado para se sentir mais feliz ao se engajar em interações sociais.

Dicas

  • Sempre assuma que o que foi feito está feito. Não sinta arrependimentos devido a erros passados. Em vez disso, aprenda com esses erros e siga em frente.
  • Seja feliz. Sempre procure o lado brilhante das coisas. O passado é o passado e você não pode mudá-lo. Ninguém pode. Apenas seja feliz.
  • Fique contente com quem você é. Ninguém é ‘perfeito’.
  • Encontrar tempo para si é importante. Relaxamento e meditação, ou até mesmo massagens, são ótimas maneiras de conseguir um pouco de tempo para si. Veja isso como um jeito de se recompensar por tudo o que faz.
  • Pense em algo que lhe fez rir ou sorrir, mesmo que tal coisa tenha acontecido há muito tempo atrás. Tal coisa ainda terá o mesmo efeito.
  • Sente-se e descubra o que lhe faz feliz, e dê um passo por vez para atingir essa coisa. Enquanto estiver trabalhando para atingir seus próprios objetivos pessoais, você seguirá em frente em vez de procrastinar.
  • Se algo de ruim acontecer, concentre-se nos melhores momentos de sua vida. Faça isso e você se lembrará das coisas boas, esquecendo-se das más.
  • Quando pensamentos negativos surgirem em sua mente, ignore-os ou pense em outra coisa.
  • Esteja atento à vida. Note as árvores, os pássaros e as pessoas ao seu redor. Ligue-se aos seus sentidos e esteja atento aos seus pensamentos e emoções.
  • Deseje apenas 3 refeições por dia e um teto. Todo o resto é opcional!

Avisos

  • Pessoas felizes não são felizes o tempo todo. Todos têm momentos de frustração, tristeza, culpa, raiva, e daí por diante. Pessoas felizes são apenas mais resistentes e mantêm melhor o estado de felicidade. Nós podemos nos sentir negativos em certos momentos de nossas vidas, mas é preciso se levantar e viver o momento. Fique contente com tudo o que fizer.
  • Procure ajuda profissional caso se sinta constantemente infeliz ou deprimido.

 

Fonte: Criado por Rafael Bemerguy via WikiHow

Faça sua vida ser nova, novinha em folha

Artigo Anterior

Quer ser feliz? pare de ser legal com todo mundo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.