Como ter uma vida saudável com a conscientização do corpo físico

Acompanhe-me nesta leitura. Ela fará você dar um salto e mudará a sua vida positivamente!

Muito se fala sobre o despertar da consciência. Nunca se falou tanto em autoestima, qualidade de vida, autodesenvolvimento. Buscam-se técnicas, conhecimentos… a fim de viver uma vida com autoconfiança, autovalor, autocompetência e autorrespeito. Mas qual seria afinal o caminho para o ser humano despertar seu pleno potencial?

Por incrível que pareça, este caminho começa com a gente mesmo. Tudo está dentro. E é olhando para o corpo e as emoções que o despertar se dá num nível profundo e elevado. Basta estar consciente!


O corpo é o bebê, a Consciência, o pai e a mãe

Venha comigo! Acompanhe-me nesta leitura. Ela fará você dar um salto e mudará a sua vida positivamente.

O corpo é o bebê

Como assim? Explique melhor, Idinéia.

Isso mesmo. Agora imagine que o seu corpo é o seu bebê, com todo o encantamento, fragilidade e perfeição contidos num bebê. Sendo seu corpo um um bebê sensível, puro e inocente… então, como você cuidaria dele?

Muitos dos meus clientes chegam até mim reclamando do seu corpo, que é o bebê – dizendo que ele está acima do peso, os cabelos estão feios… pernas cheias de celulite etc. Você se identificou com isso também? Então você também está enxergando seu bebê assim, feio e cheio de defeitos.

Será que vê-lo assim, tão feio e limitado, depreciando tanto não o fará adoecer? Um bebê precisa de muito amor. Seu corpo também. Ele precisa de amor para manifestar saúde e beleza.

O que fazer agora?

Volte a amar esse bebê. Cuide dele com todo seu carinho.

E como será esse cuidado? Ele começa pela CONSCIÊNCIA. Tendo esta percepção: Se meu bebê está doente, acima do peso ou está feio – o que devo fazer para cuidar bem dele? Como posso alimentá-lo melhor? Será que meu bebê está com sede?

E o cuidado com a pele do meu bebê como deve ser? Eu passaria um creme no corpo do meu bebê e faria uma massagem com carinho e amor para ele se sentir bem, dormir bem, fazer uma boa digestão para ele relaxar?

E quanto ao sono do meu bebê? Estou dosando de forma correta seu descanso?

Seria correto dar ao bebê um pacote inteirinho de biscoitos de uma só vez? Eu daria frutas ao meu bebê? De quanto em quanto tempo posso alimentar meu bebê?  Quanto ao que meu bebê vê e ouve, ele tem tido um ambiente tranquilo, pacífico e saudável ou um ambiente com pessoas agitadas falando coisas ruins perto dele?

Então, perceba a importância em cuidar do seu bebê – que é o seu corpo, com essa consciência, certo!

O que essa consciência vai gerar? Uma maior autoestima. Uma sensação incrível de valor, autorrespeito e equilíbrio.

A Paz interior pacificará o seu ser e fará despertar uma sensação de estar em harmonia, de potencial pleno, “de ser UM COM O TODO”


Os sentimentos são a minha criança interior

E sua criança interior, como está?  Como você lida com as suas emoções?
Você está nutrindo baixo-astral, sente-se sem vontade, desvalorizando a si mesmo e  se desprezando, machucando a si?

Como terapeuta e coach pessoal, eu ajudo meus clientes, ensinando-lhes a cuidar da sua CRIANÇA INTERIOR, a criar harmonia com ela. Isso quer dizer: olhar para ela! Olhar para o que ela sente, para então, como pai e mãe dela – cuidar, dar-lhe amor, carinho, aprovação e aceitação.
Entenda-se aqui o “pai e mãe” como a consciência.

É importante lembrar a si mesmo e à sua criança interna, e também às emoções, de que quem está no comando da vida é você! Que como adulto, é você que deve cuidar da sua criança interior, sempre observando as suas emoções. Também é importante lembrar de que como adulto que você é, já sabe lidar com frustrações e desafios. Consegue superar medos e enfrentá-los.

Cuidar da criança interior é acolhê-la no coração. É dar a ela a segurança, a confiança. É disso que ela precisa. Então, observe como está a sua relação com a criança. Ela está se sentindo segura, confiante e protegida? Sente-se amada, bonita, feliz?

Será a sua criança interior saudável e suas emoções equilibradas que resultarão em autoestima elevada … em autodesenvolvimento e pleno potencial.


Então, é hora de cuidar da sua criança interior

Sente-se… respire. Quando sentir-se relaxado, entre em contato com a sua criança interior. Olhe para as suas emoções. Olhe para seus sentimentos…  com suas palavras inicie um diálogo com ela. Você vai se emocionar. Vai se surpreender em como consegue fazê-la ficar bem, tranquilizá-la e fazê-la confiar em você.

Talvez até sinta as lágrimas percorrerem seu rosto.

Você é grande. Dá conta de ser mamãe e papai da sua criança interna, sabe como educar suas emoções e cuida com esmero do bebê que é o seu corpo.

Agora você está em paz! Acaba de dar um grande passo para o despertar da sua consciência.  Abraços de boas vibrações!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo:  123rf / dash



Deixe seu comentário