Notícias

Como um abrigo instalado há uma década salvou a vida de uma família durante a passagem de tornado nos EUA

capa Como um abrigo instalado ha uma decada salvou a vida de uma familia durante passagem de tornado nos EUA
Comente!

Foram momentos de tensão, mas o abrigo construído há cerca de dez anos salvou a vida da família.

Hoje em dia é raro encontrar abrigos contra tempestades, mas uma família de Breman, Kentucky (EUA), disse que não estaria aqui hoje se não fosse por seu abrigo.

Jordan Evans e seu filho Gage estavam juntos, porém fora da cidade, quando as catastróficas tempestades caíram e tornados devastadores atingiram o oeste de Kentucky na noite de sexta-feira (10/11). A mãe de Gage e o resto de sua família estavam bem no caminho da tempestade. A casa deles não tinha porão e não havia como descer do solo, porém eles tiveram acesso a um localizado na porta ao lado, que é um abrigo contra tempestades com três metros de profundidade e 3,6 metros de largura.

Justin Pointer, padrasto de Gage, conduziu seus oito membros da família e dois cães para o espaço pequeno e apertado antes que o tornado passasse. Ele contou que a tampa começou a balançar muito e eles tiveram de segurá-la. Também disse que o espaço, embora apertado e desconfortável, forneceu a proteção de que precisavam depois que a tempestade destruiu sua casa.

Justin disse à Whas11, que o abrigo foi construído por seu pai há cerca de dez anos. Seu pai não se lembrava do custo do abrigo, mas os dois concordaram que não se poderia colocar um preço na segurança de sua família e que pagaria cem vezes mais por isso agora. Existem vários locais para comprar abrigos pré-fabricados contra tempestades, muitos modelos estão disponíveis por menos de US$ 10 mil.

2 Como um abrigo instalado ha uma decada salvou a vida de uma familia durante passagem de tornado nos EUA

Direitos autorais: Reprodução / WHAS11

Em situações como essa, não podemos colocar o preço em pauta, afinal, o abrigo para essa família se tornou um grande investimento, literalmente um salva-vidas. O tornado atingiu Kentucky com muita força, deixando o estado com dezenas de pessoas mortas e desaparecidas, na faixa etária de 2 meses a 98 anos, e desse número, mais de uma dúzia dos mortos eram crianças.

O governador de Kentucky, Andy Beshear, anunciou que o “Western Kentucky Relief Fund” levantou mais de US$ 18 milhões em doações para indivíduos e comunidades afetadas pelo mau tempo. Todas as doações feitas pelo site são dedutíveis dos impostos e os doadores recebem um recibo para efeitos fiscais.

Nesses tempos de dificuldades, a esperança fica um pouco para trás. Já não enxergamos saída e tudo parece não dar certo. Mas um homem decidiu trazer à luz a pequena cidade de Mayfield. Jim Finch dirigiu seu caminhão por meia hora para levar uma enorme grelha e comida pronta para alimentar as vítimas do tornado naquela área. Ele levou alimentos para viagem, como hambúrgueres, salsichas, ovos e frango.

Perguntado por um jornalista sobre sua boa ação, Jim Finch explicou que sabia que as pessoas estavam sem eletricidade, sem restaurantes, nem água encanada, então resolveu fazer o que pudesse. O jornalista ainda quis saber se tinha um restaurante, porém apenas balançou a cabeça e disse que só havia feito o que precisava ser feito. O homem nasceu em Paducah, Kentucky, mas sentiu necessidade de oferecer alívio a Mayfield, que foi devastado pelo tornado, apenas para entregar comida quente às pessoas.

3 Como um abrigo instalado ha uma decada salvou a vida de uma familia durante passagem de tornado nos EUA

Direitos autorais: Reprodução / WHAS11

A prefeita de Mayfield, Kathy Stewart O’Nan, comentou que a situação da cidade é terrível, pois a infraestrutura ficou muito danificada, já que os habitantes não têm água corrente, pois a torre de água foi perdida, assim como a gestão de esgoto e gás natural.

Apesar das circunstâncias, as vítimas são gratas por pessoas como Jim e muitas outras que estão ajudando a levar cada vez mais esperanças e ajuda para a cidade.

Comente!

Homem admite que pediu para a esposa grávida ficar em outro quarto para que ele pudesse dormir melhor

Artigo Anterior

Leifert reforça que “pagou salário” de Ícaro e diz não ver ofensa

Próximo artigo