ColunistasSuperação

Como um furacão… – a transformação depois de uma experiência dolorosa…

Como um furacão site

Como um furacão… é assim que chega o fato, a pessoa, a experiência que subitamente e, intensamente, leva tudo e destrói toda a “estabilidade” conhecida.



Esse é o momento do crescimento. Com o caos instalado tudo sai do lugar. É a hora de sair da zona de conforto, deixar as velhas máscaras e enfrentar uma sensação desconfortável e dolorida que parece não ter fim. É assim que é. Simplesmente é.

Tenha a certeza de que depois tudo se encaixa, o novo chega lindo e exuberante, enquanto o velho é dissolvido bem na sua frente.

Novas peças e novos tabuleiros estarão em jogo movimentando a vida como nunca outrora experienciado. Você será tocado profundamente quando perceber que a vida dança num ritmo impermanente, ora segue harmoniosamente, ora acelera, depois para e aponta sinais de recomeços.


Nesse momento você está diante de duas escolhas: ou há a entrega ao fluxo, na certeza de que é uma fase, ou a vida para no tempo reforçada pelo lamento de tudo que foi levado pelo furacão.

O mais incrível nesse processo todo é que aquilo que aconteceu, nada mais foi do que o seu espelho convidando você para uma jornada sem volta. Ele disse:  – Ei! Psiu! Olhe pra você! Olhe para dentro de você! Tudo está aí! Todas as respostas estão na sua verdade!

Quando esse momento chegar, acolha, aceite, confie e agradeça. Adentre no desconhecido!

Você perceberá que no escuro basta tocar no interruptor do seu coração e a luz se fará, você é a própria Luz. Por mais doloroso que seja esse processo, tenha certeza de que você renascerá das cinzas como uma fênix. Um novo você despontará, mais forte, mais verdadeiro, mais intenso e mais pleno.


E quando você se olhar no espelho novamente, saberá e terá consciência do que está refletindo.

__________

Direitos autorais da imagem de capa: millaf / 123RF Imagens


Sejamos aqueles que gostaríamos outros fossem para nós!

Artigo Anterior

Monja budista compartilha 4 maneiras de atrair a verdadeira felicidade na vida:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.