Lei da AtraçãoRelacionamentos

Como usar a lei da atração para conquistar um amor?

Ah, o amor… Talvez não exista sensação mais plena e feliz do que amar e ser amado. E, embora encontrar o(a) parceiro(a) ideal e viver com ele(a) um conto de fadas seja um sonho da maioria das pessoas, muitas acabam abandonando a ideia após tantas tentativas frustradas.



O que muitas dessas pessoas não sabem é que a Lei da Atração e amor são a chave para encontrar, de vez, a felicidade. Isso porque a Lei da Atração — força capaz de atrair tudo o que desejamos para a nossa vida — é o segredo para conquistar a pessoa certa.

Se você acha que esse papo é puro clichê e fantasia, continue a leitura e surpreenda-se!

A Lei da Atração e a sua vida


Acreditemos ou não, o universo é regido por leis que regulam a nossa vida, assim como as leis humanas, às quais estamos submetidos diariamente na sociedade.

E, assim como estamos submetidos à justiça material e sofremos as suas consequências, o mesmo acontece com as leis naturais. A diferença é que, ao contrário das leis humanas, as leis que regem o universo são justas e imparciais, não havendo equívoco nem favoritismo.

Como se diz, para o universo não há como “plantar feijão e querer colher arroz”. Tudo tem causa e efeito. Ou melhor: você colhe exatamente o que você planta. Com a Lei da Atração, dá-se o mesmo. Você atrai exatamente o que você emana (bom ou ruim) por meio das suas ações, das suas palavras e dos seus pensamentos.

Portanto, se você deseja amor, saúde e prosperidade, a sua vida e o seu estado mental precisam vibrar nesse sentido, pois essa é a “porta” entre você e o que o universo pode lhe oferecer.



A Lei da Atração e amor

Eis o grande presente que recebemos como seres humanos: o livre-arbítrio e o dom de sentir, sonhar e desejar — acionando a Lei da Atração e atraindo a felicidade, que é um direito inalienável oferecido pelo universo a todos os seres.

Sendo assim, usamos a Lei da Atração o tempo todo, inevitavelmente. Como um círculo incessante, os nossos pensamentos geram emoções e sentimentos que criam as vibrações — e atraem — mais pensamentos e sentimentos parecidos.


E estamos interligados a tudo e a todos, como uma rede de fios invisíveis. Somos partículas divinas. Por isso, diz-se que a energia criadora que forma o todo (ou seja, o universo) está dentro de nós.

Resumindo: não adianta não querer usar a Lei da Atração, pois ela está intrínseca em nós. A questão é: como usá-la a favor da nossa felicidade.

Para encontrar o amor da sua vida e ser feliz nesse sentido, verifique o que você está atraindo nesse momento. Observe as suas conquistas, o seu passado amoroso e até mesmo os seus demais relacionamentos para notar como circulam sentimentos como amor, compreensão e cumplicidade entre você e as outras pessoas.

Será que você está “oferecendo” o que deseja conquistar? Apenas lembre-se de que viver deve ser um contínuo dar e receber amor.



Como equilibrar Lei da Atração e amor

Torne-se quem você quer atrair

Esqueça aquele papo de que “os opostos se atraem”. O universo só nos envia quem vibra junto conosco, ou melhor, nosso semelhante, com as mesmas qualidades e defeitos, inclusive. É como um espelho.


Você pode até achar que isso não é regra ao ver um casal em que um parece tão simpático e o outro não. Mas a verdade é que há semelhança entre os seus pensamentos, algo que muitas vezes não vemos. O corpo físico é apenas uma estrutura que abriga os nossos sentimentos e pensamentos.

Portanto, enquanto você não se tornar o que você busca no outro, não há como a sua “cara metade” se aproximar. A atração vem, sempre, a partir do que você emana interiormente.

Uma boa prática para definir o que você busca e para visualizar os seus objetivos é anotar como você idealiza o seu parceiro ideal. Anote as qualidades e as características do outro que você considera essenciais para o relacionamento dar certo e lembre-se, em seguida, de cultivá-las e de aprimorá-las em você mesmo.

Se você deseja um parceiro amoroso e paciente, observe se você possui essas características, por exemplo. Pense, também, em como você trata as pessoas, o mundo ao redor e, principalmente, como você trata a si próprio.



Transborde amor para ser amado

Se você quer viver em um paraíso, crie-o dentro de si. Ou seja, tenha em mente que o exterior é sempre um reflexo do que vai no interior. A Lei da Atração também nos ensina que, para atrair um amor de fora, é preciso que, antes, o amor esteja vivo dentro de nós.

Também é essencial que nos tratemos com essa mesma intensidade de amor que desejamos e oferecemos, transbordando esse sentimento para, então, tornarmo-nos um ímã onde quer que estejamos.


Assim, é necessário que aprendamos a:

  • amar a nós mesmos, verdadeiramente, com alegria pelo que somos;
  • cultivar as nossas qualidades;

  • aceitar os nossos dons e as nossas características;
  • devolver para o universo a gratidão pela nossa própria existência e pela oportunidade de vivermos.

Consequentemente, quanto mais conseguirmos nos amar e mais generosos formos conosco mesmos, mais amor, bons relacionamentos e ótimas oportunidades de sermos felizes vamos atrair.

Isso porque, ao ser generoso e amoroso consigo mesmo, você se torna apto a aceitar, também, o outro como ele é e aprende a enxergar o melhor dele, fazendo a sua parte para cultivar um amor verdadeiro e duradouro em sua vida.


Cultive as qualidades do seu parceiro

Um ponto importante na busca pelo(a) parceiro(a) ideal é abandonar o desejo de encontrar alguém perfeito. Pessoas perfeitas não existem, e cada vez que você sonhar com isso, mais distante ficará da realização amorosa.

Precisamos ter em mente que somos todos seres em construção, em evolução e, sem exceção, apresentamos qualidades e defeitos. Assim, se não existem parceiros perfeitos, também não há relacionamentos sem desafios e dificuldades.

Nesse sentido, use a Lei da Atração também para cultivar um relacionamento feliz quando a busca pelo seu grande amor terminar. Transborde, além de amor, a gratidão pelo que o universo lhe envia, cultive as qualidades de quem está ao seu lado e reacenda, sempre, a chama da cumplicidade e da união em sua relação.

A verdade é que, às vezes, ficamos tentando encontrar algo além de nós, como uma contínua insatisfação e não percebemos que tudo que sonhamos está ao nosso lado, inclusive o nosso parceiro ideal. Nesse momento, é bom voltar ao sentimento inicial que nos fez amar aquela pessoa, focando no seu lado bom e vibrando positivamente.

Mesmo que o tempo ou certas circunstâncias insistam em querer acabar com a paixão e diminuir o amor que no início era tão intenso, dê atenção aos pensamentos de união e alegria. Veja com humor e com paciência os momentos de crise.

Em outros termos, seja para buscar ou para manter um relacionamento ideal, exercite a ligação entre a Lei da Atração e amor, pois os sentimentos e os desejos profundos não encontram barreiras de tempo nem de espaço para atuar.

Gostou deste post? Compartilhe-o com os seus amigos nas redes sociais!

Conheça 5 formas incríveis de alimentar a alma:

Artigo Anterior

5 perfis profissionais negativos que prejudicam empresas e colegas de trabalho:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.