ColunistasLei da Atração

Como viver a lei da atração na adversidade:

Viver a lei da atração site

Você pratica todos os ensinamentos que aprendeu sobre a lei da atração e medita muitas vezes por dia, mas sua vida não está na direção que você gostaria?



Provavelmente, alguma coisa está fora do lugar. Vamos observar alguns pontos:

Como você se comporta perante uma dificuldade ou quando alguém o afronta?

Você se revolta, entra numa onda de reclamação, grita, discute, entra na vibração negativa da pessoa, culpa a si mesmo?


Você se  identificou com alguma dessas atitudes ou pensou em alguma outra?

Então achamos o que está fora do lugar!

Viver a lei da atração e em estado meditativo, sozinho ou no seu local de conforto é fácil, mas o que faz você realmente evoluir nessa área são as suas atitudes perante as diversidades da vida.

Comece a se observar.


Se você notar que tem esse comportamento, não se preocupe. Você já deu um grande passo ao perceber o que precisa ser mudado. Você quer mudar esse comportamento?

Para que algo aconteça é muito importante que você queira, assim como é muito importante que você faça algo a respeito.

Mas, não se desespere. A mudança é um processo, dê um passo de cada vez. A partir de agora comece a observar como você reage a cada situação e após a situação, sim, após a situação. Você fica remoendo? Fica se culpando? Culpando os outros?

Observe-se e comece a modificar. Quanto mais você fizer essa análise, mudando sua maneira de lidar com as situações, mais fácil vai se tornar e quando você se der conta, já estará vivendo a lei da atração conscientemente, não só quando é conveniente, mas no decorrer da sua vida.


E você verá coisas maravilhosas acontecendo, pois terá aberto o caminho para isso!

____________

Direitos autorais da imagem de capa: gstockstudio / 123RF Imagens


5 sinais de um parceiro tóxico que nem sempre são identificados:

Artigo Anterior

A vida nunca acaba! a alma perdura para além do tempo e do espaço.

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.