Como você usa sua centelha divina?

Eu? Ah, mas eu não tenho nada disso, sou normal, cheio de defeitos, inclusive, estou cheio de contas para pagar, com problemas de relacionamento, doente, como posso ter uma centelha divina?  Isso é um sacrilégio!!

Se esse é o seu pensamento, eu convido-o(a) a refletir:

Se você faz parte da natureza,

Se você um dia vai virar pó,

Se você nasceu de uma mulher,

Se você tem dificuldades como eu,

Se você tem amor pelos animais,

Se você sente carinho pelas crianças,

Se você se sente sozinho na imensidão do mundo,

Se você sente compaixão por um ser abandonado,

Se você já deu à luz um bebê,

Se você precisa respirar para viver,

Se você curte o vento no rosto,

Se você aprecia o por do sol,

Se você curte uma praia,

Se você curte a montanha,

Se você gosta de contemplar a natureza,

Se você ama sua família,

Se você é um servidor de Deus,

Se você participa de um grupo de ajuda,

Se você ora todos os dias pelo próximo,

Se você deseja o bem para alguém,

Se você se satisfaz com a harmonia entre as pessoas,

Se você vive a sua missão,

Se você anseia por ser uma pessoa melhor,

Se você se identifica com pelo menos uma dessas situações,

Sim, você é humano e você tem uma centelha divina pelo simples fato de participar da vida no Universo.

E veio dotado de talentos únicos que o tornam responsável por fazer algo de um jeito especial que somente você consegue.

Vamos à prática. Um exemplo bem simples: sabe aquele bolo gostoso da infância que só a sua avó fazia? Você já tentou, sua mãe copiou a receita, mas nunca fica igual. E nunca ficará, porque a sua avó tinha uma forma única de fazer o bolo, uma energia especial.

Quando algo é incomparável no sentido de originalidade é feito sob o brilho da centelha divina. Uma obra de arte, uma música, um jeito de ensinar.

E essa centelha pode ser percebida de muitas formas diferentes: pelo físico, emocional, mental, espiritual, intuitivo. E exatamente por isso você é merecedor de tudo que a natureza pode oferecer, e tem todas as ferramentas de que precisa para expressar isso do seu jeito.

E agora, faz sentido para você?

Lembre-se da sua centelha divina ao acordar, e acredite, isso o ajudará a lembrar do poder dentro de si e dentro dos outros.

Esse é um dos motivos pelos quais não vejo pessoas como vítimas de uma situação ou de alguém, mas delas mesmas, porque por algum motivo não conseguem acessar seu próprio poder.

Um beijo e até o próximo artigo!

Simoni Venturini

__________

Direitos autorais da imagem de capa: nikkized / 123RF Imagens



Deixe seu comentário