Animais

Comovente: cão leal esperou mais de 80 dias na estrada onde seu dono partiu em acidente

capa site Comovente cao leal esperou mais de 80 dias na estrada onde seu dono partiu em acidente

Foram quase três meses parado em uma estrada extremamente movimentada, aguardando o momento em que seu dono apareceria.

O amor entre os animais e seus tutores prova ser um dos elos mais fortes que podem haver. A lealdade, a cumplicidade e o convívio fazem com que a amizade se fortaleça a cada dia, a ponto de ambos nunca aceitarem a separação, principalmente se ela acontecer repentinamente, como num acidente ou numa tragédia.

Em 2009, o ator Richard Gere estrelou o filme “Sempre ao seu lado”, que contava a história de Hachiko, um cachorro da raça akita que passa cerca de um ano com seu novo tutor, até que um acidente vascular cerebral (AVC) durante o trabalho tira sua vida. O animal, que já tinha o hábito de acompanhar o tutor todos os dias até a estação de trem, passou quase dez anos, até sua morte, indo todos os dias, no mesmo horário, esperar o retorno do seu dono.

Famosa no Japão, sua história serviu de enredo para o filme, tanto que no local, depois da morte de Hachiko, uma estátua de bronze foi erguida em frente à bilheteria da estação de Shibuya. O cachorro ficou conhecido como exemplo de lealdade, fidelidade e comprometimento, ocupando o imaginário popular japonês em múltiplas produções.

Mas não é apenas no Japão que um cachorro ficou conhecido como exemplo de lealdade, na China um caso parecido aconteceu. Um fiel cãozinho passou 80 dias esperando o dono em uma estrada movimentada, onde um acidente tirou a vida do seu tutor. As imagens registradas em Hohhot, na Mongólia Interior, foram vistas mais de 1 milhão de vezes na internet.

Segundo reportagem da BBC, o animal passou quase três meses no local onde seu tutor sofreu o grave acidente e ali mesmo morreu. Não foram poucos os transeuntes que tentaram resgatar o cachorro ou ajudar de alguma forma, levando-o para onde pudesse receber cuidados adequados, mas as pessoas afirmam que ele costuma fugir para não ser levado embora.

Muitas pessoas se perguntam como ele sobreviveu tanto tempo no local, mas os cidadãos contam que ele recebe comida de quem passa, mas assim que fica sozinho, retorna ao lugar onde acha que o dono vai aparecer. A lealdade e o amor verdadeiro transparecem para todos que passam na estrada, principalmente quando descobrem a história do animal.

A profundidade da relação entre o dono e o cachorro, do qual ninguém sabe o nome, é tamanha, que inspirou várias pessoas. Na internet, muitos reforçaram que esse tipo de envolvimento é pouco visto na natureza, ainda mais num nível que a alimentação é deixada em segundo plano.

2 Comovente cao leal esperou mais de 80 dias na estrada onde seu dono partiu em acidente

Direitos autorais: reprodução/ BBC

Alguns internautas falaram de animais que também tiveram na infância, cachorros que tinham o hábito de buscá-los na escola, outros que eram acompanhados de perto na rua, entre inúmeras tantas histórias. Até mesmo a fisionomia do animal é reparada pela população, que explica que ele está quase clamando para que o tutor apareça.

Outro ponto abordado pelos seguidores e demais usuários foi o fato de a estrada ser muito movimentada, o que oferece riscos altíssimos ao animal, que insiste em ficar naquele local. O desejo de que o cachorro seja adotado o quanto antes se espalhou entre a maioria das pessoas que se envolviam com o assunto.

Outro cachorro na China também chamou a atenção. Xiongxiong foi filmado esperando seu dono do lado de fora de uma estação de trem todos os dias, e muitos usuários notaram semelhanças com Hachiko, o cãozinho japonês de que falamos no início da reportagem.

0 %