2min. de leitura

A confiança só requer tempo quando foi perdida. Confiança é tesouro. Vale ouro!

A confiança só requer tempo quando foi perdida. No mais, temos sempre a motivação de confiar naqueles que dividem suas vidas conosco, caso contrário, viveríamos na paranoia da desconfiança, não teríamos paz, não conseguiríamos jamais contar com as pessoas.


Seria um mundo triste viver na desconfiança.

Confiança é algo natural, já existe em nós e damos ela requerendo-a também, num gesto tácito. Eu lhe minha confiança, assim como ofereço a você meu respeito e amor.

Entregamos doses de confiança diariamente na certeza de que seremos respeitados, e que o outro ser humano também carrega consigo a importância deste vínculo sagrado.

Nascemos com ela. A relação mãe e filho é de uma entrega de total confiança, absoluta. O bebê tem fé de que será amado e nutrido por sua genitora. Crescemos nas bases da confiança. A entregamos aos amigos, vizinhos, porteiro, família, parceiros, ao mecânico, piloto, motorista, ao médico. Confiamos no ser humano!


Eu confio em você até que você me prove o contrário.

Perder a confiança é trágico. 

É perder a paz, a tranquilidade a fé em alguém. Restabelecer isso leva tempo. Nascemos para confiar e quase não ensinam como agir diante de uma confiança perdida.

Tenha confiança, seja confiável!


Reconquistar confiança de alguém requer dedicação, amor, perdão, desejo de resgate e provas de que a confiança pode voltar a existir quando existe amor.

Confiança é tesouro. Ela vale ouro!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: wavebreakmediamicro / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.