Comportamento

Ilha artificial de luxo terá casas que podem custar cerca R$ 6 bilhões

Sem Titulo 1 61

A ilha artificial será móvel, para o caso de enfrentarem tempestades muito fortes. Se isso acontecer, basta levar a construção para uma área mais segura!



Já pensou em se mudar para uma ilha de luxo? Esse sonho tão distante já está sendo realizado por muitas construtoras no mundo, o que, segundo o UOL, tem se tornado uma tendência entre as pessoas de maior poder aquisitivo.

A pandemia tem feito muitos adeptos dessa nova forma de viver, e o Blue Estate Group revelou um projeto de ilha artificial de luxo, onde as casas custarão entre R$ 102 mil e R$ 6 bilhões.

O local onde a ilha será construída fica a 25 minutos de avião de Nassau, capital das Bahamas, e 90 minutos de Miami (EUA). Segundo a empresa, o local terá a metade do tamanho de Mônaco, com capacidade para abrigar cerca de 15 mil pessoas.


1111111

Direitos autorais: divulgação.

Uma das propagandas da construtora é que quem decidir morar na ilha terá mais de 340 dias do ano com sol, já que o local onde será construída é privilegiado. Além disso, o proprietário pode escolher entre quatro tipos de residências.

O primeiro, e mais em conta, com apartamentos de 20 m²; o segundo, custando cerca de R$ 1,1 milhão, em apartamentos com varanda; o terceiro tipo é uma casa com cinco quartos e jardim, que custa cerca de R$ 307 milhões; e a última das opções, e mais luxuosa, são duas mansões exclusivas, cada uma custando cerca de R$ 6,5 bilhões.

De acordo com os desenvolvedores, para morar lá, não existe critério, basta apenas ter dinheiro.


Quem optar pelas mansões mais caras do pacote tem que apresentar um conceito arquitetônico “inovador” que, caso seja aprovado, a venda pode ser efetuada. Uma pessoa já está interessada, segundo o porta-voz do Blue Estate.

1111112

Direitos autorais: divulgação.

Construída com módulos de concreto de “altíssimo desempenho”, a ilha ainda terá a própria clínica de saúde e escolas. Erick Schimidt, diretor de comunicações do Blue Estate Group, informa que a única exigência é que todos os residentes e visitantes consigam arcar com os gastos necessários para se manter na ilha.

O empreendimento terá diversos clubes, piscinas, playgrounds, supermercados, restaurantes, bares, áreas comerciais, e todos poderão viver de forma confortavelmente luxuosa.


Toda a energia será gerada a partir de fontes renováveis, o plástico será proibido e não poderão emitir carbono no local, com o objetivo de se tornar uma das comunidades mais ecológicas do mundo.

Como está no meio do oceano, em uma região extremamente suscetível a tempestades fortíssimas, a construção será móvel.

Isso significa que, caso ocorra o pior, é só transportar a ilha para um local mais seguro. Além disso, o projeto possui paredes externas que medem mais de 18 metros, de forma a reduzir o impacto das maiores ondas do oceano.

1111113

Direitos autorais: Divulgação


A construção está prevista para se iniciar no ano que vem, e espera-se que ela esteja totalmente concluída nos próximos quatro anos. Caso tudo corra da forma como esperam, em 2023, podem existir algumas unidades prontas para morar.

Você moraria em uma ilha luxuosa?

Comente abaixo e compartilhe com seus amigos!


Major condenado a 13 anos de prisão por tortura e morte de Amarildo é reintegrado à PM

Artigo Anterior

“Estamos arrasados”: família perde menino de 13 anos, mãe e avó vítimas de covid-19

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.