5min. de leitura

Conheça as 6 regras do amor, na visão de Buda:

Buda foi um filósofo, psicólogo e líder espiritual. Ele foi a revolução de sua época. Indo contra o conformismo tradicional, Buda revolucionou a forma de pensamento das pessoas, e até hoje é admirado e serve de referência para aqueles que buscam iluminação e um modo mais sábio de ser.


Buda ensina a humanidade grandes lições sobre todas as áreas da vida, mas neste artigo, vamos focar em seus ensinamentos sobre o amor.

De acordo com o grande mestre, existem 6 regras do amor. Confira abaixo quais são elas:

1. “Se você realmente amar a si mesmo, não será capaz de machucar outro.”

Somente quando amamos a nós mesmos, podemos encontrar esse amor refletido nos olhos de outra pessoa. Quando nós percebemos que estamos conectados espiritualmente a todos os outros e que todos somos amor, podemos ter a iluminação necessária para nos dedicarmos a outras pessoas, com todo o nosso ser.


2. “A paz vem de dentro. Não tente procurá-la em outro lugar.”

Quando tentamos procurar a paz fora de nós mesmos, nós nos decepcionamos, esse é um dos ensinamentos de Buda. Ele justifica isso mostrando que tudo ao nosso redor, todo o prazer que as coisas externas nos proporcionam é efêmero. Por isso, de acordo com o mestre Buda, precisamos encontrar a verdadeira paz, aquela que não passa rapidamente, e ela existe dentro de nós mesmos. É essa paz que nos permite realmente nos dedicarmos a um relacionamento edificante.



3. “Ame o mundo inteiro como uma mãe ama seu único filho.”

Imagine como seria o mundo se todos nós nos preocupássemos e amássemos a todos, assim como fazemos com nossas famílias?! Somos todos um, e todo ser humano é merecedor de nosso amor, não apenas aqueles que estão próximos a nós. O egoísmo e a falta de amor que criamos ao longo dos anos é o motivo pelo qual nossa sociedade encontra-se doente. Precisamos de mais amor, de mais cuidado. Essa é a chave para um mundo realmente iluminado.


4. “Qualquer palavra que pronunciamos deve ser escolhida com cuidado, pois as pessoas as ouvirão e serão influenciadas por elas, para o bem ou para o mal.”

As palavras que saem de nossas bocas devem sempre ter um objetivo positivo, edificar a vida de alguém. Tudo o que falamos influencia as pessoas ao nosso redor, e nossa missão é nos tornarmos as melhores pessoas que pudermos ser, e ajudarmos os outros a fazer o mesmo. Lembre-se de que é muito fácil dizer algo quando está tomado pela raiva, mas tentar reparar um relacionamento afetado por palavras duras é muito difícil.  Semeie o amor através de suas palavras e você receberá mais do mesmo em sua vida.


5. “O ódio não para o ódio nunca. Somente o amor pode parar o ódio. Esta é uma lei imutável.”

Muitas vezes, quando alguém é duro e ruim conosco, nossa tendência é sentir raiva dessa pessoa. Por mais que seja uma reação natural, não é a nossa única opção. Sempre podemos optar por abordar as situações ruins com amor e calma. Por mais que seja difícil e exija um trabalho interno, é bem melhor do que a raiva. Além de causar danos irreparáveis ​​a um relacionamento, a raiva não faz nada para resolver a situação. Seja a diferença, mostre através de seu exemplo que as coisas têm mais de uma solução, foque no amor, pode ter certeza que ele não lhe fará mal algum.



6. “A felicidade nunca virá para aqueles que não conseguem apreciar o que já têm…”

Se não conseguimos encontrar felicidade naquilo que já temos, e em vez disso tentarmos encontrá-la em coisas que estão além do nosso entendimento, é muito improvável que sejamos bem-sucedidos nessa busca. Devemos ser felizes por aquilo que já temos, apenas dessa maneira somos capazes de atrair mais felicidade em nossas vidas. Se vivermos constantemente com a expectativa de encontrarmos algo melhor, podemos perder o que já temos e acabar sozinhos.

O que você achou sobre as lições de Buda sobre o amor? Compartilhe suas opiniões através dos comentários!

________

 

Direitos autorais da imagem de capa: jpldesigns / 123RF Banco de Imagens

 





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.