NoPlaneta

Conheça o poço azul, o maior sitio submerso paleontológico do Brasil

Chamada de Poço Azul, esta caverna de águas cristalinas e azuladas, que por vezes deixa entrar o sol e criar um incrível feixe iluminado, virou o maior sitio submerso paleontológico do Brasil, com a descoberta de fósseis de mais de 40 espécies de animais pré-históricos.



PoçoAzul1

 

A profundidade varia entre os 3,5 e os 16 metros, mas a água limpa e transparente permite observar as formações rochosas abaixo em qualquer condição. A caverna do Poço Azul, no município de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, esconde histórias misteriosas, dos animais que terão habitado a América do Sul entre 10 mil e 2 milhões de anos atrás.


O sitio foi assim palco da maior descoberta dos últimos tempos na área da paleontologia brasileira, com mais de 3 mil fósseis identificados, de mais de 40 espécies. Só de preguiças gigantes, no fundo do Poço Azul, encontraram fósseis de quatros espécies diferentes. Encontram-se ainda na lista de descobertas feitas por uma equipe de paleontólogos ummastodonte, animal com o tamanho próximo ao de um elefante, um pampatério, espécie de tatu que podia chegar a 3 metros de comprimento ou um texodonte, um animal de grande porte semelhante ao rinoceronte.

O trailer do documentário abaixo, chamado O Brasil da Pré-história, mostra imagens dos fósseis encontrados e também de como seriam esses animais que foram extintos, dá uma olhada:

 


 

Felizmente para os visitantes, é permitida flutuação no poço, mas apenas na parte da frente, com cordas a delimitar o espaço, e somente por 20 minutos. Os donos da propriedade particular onde se encontra o Poço Azul, cobram uma taxa de visitação e oferecem equipamentos de mergulho e flutuação. A água é tão cristalina que dá para ver o corpo inteiro da pessoa, criando até uma ilusão de ótica. Dá uma olhada nas fotos que tiramos por lá:

 

PoçoAzul1


PoçoAzul2

PoçoAzul3

PoçoAzul4

PoçoAzul6


PoçoAzul7

PoçoAzul8

 


Não perca! hoje acontece uma das chuvas de meteoros mais incríveis do ano

Artigo Anterior

1º bar subaquático do mundo deixa visitantes dançarem debaixo d’água

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.