A consciência da cura espiritual – Método eficaz para deixar fluir o perdão:



Constantemente, nós nos decepcionamos com o ser humano por criar expectativas frustradas motivadas por desejos egoístas.

Criamos vínculos, depositamos fé em uma amizade ou relacionamento, acreditando que podemos nos doar, entregar nosso coração e sermos felizes.

E um dia, o golpe vem. A dor de uma traição é incalculável. Provamos vários sentimentos, o da impotência, ódio, culpa, tristeza e revolta.

Por que comigo? Como eu não vi isso acontecer? Perguntamo-nos onde foi que erramos, se fizemos tudo certo, se estava tudo bem. Porém esquecemos que cada indivíduo vive suas experiências de acordo com suas escolhas e vivências. Cada um com sua história e visão de vida.

E então, nascem as mágoas, o ressentimento e o desejo de vingança. Algumas pessoas esquecem, mas a dor permanece lá, manchando a alma e impedindo a paz de espírito.

Algumas pessoas têm a facilidade de perdoar e esquecem com a mesma rapidez que se zangam. Outras têm mais dificuldade, tornando-se amargas e frias.

E você, como reage às suas frustrações?

Se você se boicota e apaga de sua mente sem perdoar, lembre-se  de que a lembrança ficará em seu inconsciente, perturbando seus sonhos e, consequentemente, tirando sua paz, dificultando sua vida profissional e pessoal.

Você pode curar sua vida. Caso precise de um ajudinha, siga este método que o ajudará a limpar a alma e deixar fluir o perdão.

Limpe suas memórias ruins e experimente a liberdade de poder seguir em frente com leveza e paz de espírito.

Este método deve ser realizado por 21 dias ininterruptos, para que seu cérebro tome como hábito.

1º Passo

Visualize o rosto da pessoa que você precisa perdoar ou ser perdoado(a) por ela, e repita cada palavra, com sinceridade. Chame-a pelo nome no início da Oração.


2º Passo: Oração

Eu perdôo você, por favor, perdoe-me.

Você nunca teve culpa. Eu também nunca tive culpa.

Eu perdôo você, perdoe-me, por favor.

A vida nos ensina através das discórdias e eu aprendi a amá-lo e libertá-lo de minha mente.

Você precisa viver suas próprias lições e eu também. Eu perdoo você, perdoe-me em nome de todos os sentimentos bons que possuímos.



Agora, vá ser feliz, para que eu seja também.  Vamos trazer paz aos nossos mundos.

As mágoas desapareceram de meu coração e só há luz e paz em nossas vidas.

Quero você alegre, sorrindo, onde quer que você esteja

É tão bom soltar, parar de resistir e deixar fluir novos sentimentos!

Eu perdoo você, do fundo de minha alma, porque sei que você nunca fez nada por mal e sim porque acreditou que era a melhor maneira de ser feliz.

Perdoe-me por ter nutrido ódio e mágoa por tanto tempo em meu coração. Eu não sabia como era bom perdoar e soltar; eu não sabia como era bom deixar ir o que nunca me pertenceu.

Agora sei que só podemos ser felizes quando soltamos a vida do outro, para que sigam seus próprios sonhos e seus próprios erros.

Não quero mais controlar nada, nem ninguém. Por isso, peço que me perdoe e me solte também, para que seu coração se encha de amor, assim como o meu.

A partir de hoje, seja livre e feliz!

Muito obrigada!

Gisele Possatto

____________

Direitos autorais da imagem de capa:  Joshua Sazon on Unsplash






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.