ColunistasReflexão

Coração significa amor. Amor é seu destino único e inevitável.

O Coração carece...

O Coração carece…



Um violino sem uso requer renovação de cordas, afinação e limpeza, pois, sem esses cuidados, não é possível reproduzir seus mais belos sons.

Assim se encontra o coração da humanidade: estragado, desafinado e sujo…

Ao longo dos anos, é comum perder, meio a estressantes rotinas, a direção para uma vida mais tranquila, caridosa e realmente feliz.


As recompensas falam mais alto, o homem se esquece quem realmente é. Olvida os bons momentos que já passou quando realmente alimentara seu coração. Ao invés disso, pragueja, de norte a sul, pela vida infeliz que leva.

Não mais podemos atribuir a própria infelicidade a outrem, à divindade…

Caso não queiramos acreditar que somos responsáveis por todos os acontecimentos de nossas vidas, a outra alternativa é, da mesma forma, irredutível: somos totalmente responsáveis pelo modo com que enfrentamos as coisas da vida.

O bem-te-vi poderia desistir de viver ao ter seu ninho destruído por predadores.


Pelo contrário, o pequeno pássaro nunca desiste, volta a reconstruir sua casa e retorna a dar vida.

Que seria da Natureza se não houvesse a nova tentativa, o reparo?

O coração carece de instrução, carece de cuidados.

Ele, provavelmente, sofreu desapontamentos, destruições, como o ninho dos pássaros…


Todavia, como parte de uma imensa Natureza, também como os pássaros, somos inteiramente capazes de renascer, seja sozinhos ou na companhia de pessoas amadas.

Coração significa amor. Se não o é, ainda não é coração… Amor é seu destino único e inevitável.

O trabalho no bem sempre fora terapia sublime para as dores da alma…

Artigo Anterior

Um brinde às verdadeiras musas, rainhas e damas desconhecidas!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.