A coragem de olhar para dentro

5min. de leitura

Se você tentou conseguir alguma coisa na vida que não deu certo – não importa o que tenha sido, nem quantas vezes tenha tentado – cuidado com os rótulos que utilizar ao se referir a essas experiências.



O fato é que tudo o que fazemos na vida produz resultados, e se algo não saiu do jeito que você esperava, não há porque chamar o resultado obtido de fracasso. A verdade é que não existem fracassos, apenas resultados. Os grandes sucessos, em geral, resultam de erros transformados em lições.

Os vencedores são os que perseveram e seguem em frente até conseguirem o que desejam, não importa quantas vezes seja necessário tentar.

Ao representar para você mesmo como uma derrota, o que não funcionou antes, o que está fazendo é usar as palavras para se derrubar. Palavras são chaves que produzem estados emocionais e precisam ser escolhidas com atenção. Se parar para observar, perceberá que todas as experiências da sua vida trazem um aprendizado. Ao aprender a lição contida em cada delas você adquire as ferramentas que precisa para fazer diferente. É preciso coragem para errar e aprender com os próprios erros.


Não adianta querer buscar no mundo externo as respostas que você procura. Em vez de procurar no mundo explicações para o que lhe acontece, volte-se para dentro. É aí que encontrará as respostas que procura.

Aprendendo com a experiência.

A dor e o sofrimento podem ser transformados em mestres que o impulsionarão a vencer desafios e a descobrir o seu caminho na vida. Para isso, é preciso ter a coragem de olhar para dentro e observar o que está presente dentro de você.

Ao descobrir a lição que se encontra em cada experiência, você adquire força para empreender o trabalho da autotransformação. Entretanto, quando alguém não aprende a lição que uma experiência traz, o universo continuará apresentando a mesma situação, de formas variadas, como oportunidades para que a pessoa adquira o aprendizado necessário.


Por isso, tantas pessoas se vêem em situações semelhantes, que parecem reproduzir um sofrimento conhecido. A única forma de se libertar é através da aceitação do que a vida está apresentando e aprender a lição que cada circunstâancia traz..

O poder está em você.

Embora você possa acreditar que a fonte da sua angústia, do sentimento de rejeição, ou da tristeza profunda, esteja na atitude do namorado, do seu chefe, da sua mãe, mulher, ou quem quer que seja. É mais fácil atribuir a uma outra pessoa a responsabilidade por aquilo que sente.

A causa de tudo o que lhe acontece está dentro de você. Até mesmo a dor que uma pessoa sente, nasceu dentro dela. Por isso, quando a atitude de alguém faz sua energia diminuir e você se sente mal, é no seu interior que encontrará as chaves para compreender o que acontece. E, assim, evitar que volte a se repetir.

Para virar o jogo, é preciso reconhecer o que quer que esteja presente dentro de você.

Colocar-se no lugar da vítima e atribuir às outras pessoas a responsabilidade pelo modo como você se sente, ou pelos acontecimentos da sua vida, é continuar a promover o mesmo tipo de situação que se quer evitar. Se desejar, honestamente, mudar o que não está funcionando, é preciso ter a coragem de olhar para dentro.

Todo mundo tem tudo o que precisa para o trabalho que se dispõe a fazer. Mas a única forma de acessar essas ferramentas é através do mergulho interior.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.