Corpo bonito é aquele que tem gente feliz dentro dele!

Você costuma se comparar com outras pessoas? No quesito beleza, como está sua avaliação? Nota dez, nota cinco ou nota zero?

Somos constantemente bombardeados por anúncios de beleza nos diversos veículos de comunicação. As revistas cheias de modelos esbeltas, de corpo impecável, maquiagem perfeita, dentes branquíssimos e roupas caríssimas. Nas redes sociais, dá-lhe mais pessoas bombadas, de músculos expostos, barriga tanquinho, cabelos brilhantes, cheias de likes, fazendo caras e bocas.



Em meio a essa explosão de beleza tentamos nos adaptar, muitas vezes, sem sucesso. Claro, nem todos têm aquele arsenal a postos de dermatologistas, cabeleireiros, maquiadores, massagistas, esteticistas, dentistas. A maioria de nós, pobres mortais, “ralamos” desde manhãzinha para ganhar o pão nosso de cada dia, sem termos muito tempo sequer para pensar em nós, quanto mais para nos produzirmos. Então nos frustramos nessa comparação ilusória de que se tivéssemos o cabelo de fulana, o corpo de beltrano, os dentes daquele artista famoso, seríamos felizes. Será?

Talvez no início sim. Quem não gosta de se sentir mais bonito? Olhar-se no espelho e gostar do que vê? Faz bem para nosso ego, para nossa autoestima, para nossa vaidade. Mas será que com o passar do tempo essa satisfação toda não daria lugar a um certo vazio?

Parando para pensar, a beleza abre portas, mas não as mantém abertas. Ela nos dá oportunidades, mas não as garante para todo o sempre. Sabe por quê? Porque só a boniteza não é garantia infinita de alegria. Vaidade demais faz mal, torna-nos ego-centristas, faz-nos querer mais e mais e mais.


Você deve já ter ouvido inúmeras vezes que a beleza vem de dentro (e já deve ter feito até piada com isso). Pois é, mas a verdade é que ela vem de dentro mesmo. De dentro para fora e nunca ao contrário.

Pessoas bonitas somente por fora são como uma casa sem alicerce erguida na areia. Na primeira tempestade desmorona. Não tem “liga”, não tem conteúdo. Já o contrário é verdadeiro: pessoas que não são tão belas por fora, mas são lindas por dentro, acabam emanando essa lindeza toda para o seu exterior e isso se reflete no seu semblante.

Sabe o porquê disso? Porque corpo bonito é aquele que tem gente feliz dentro dele.

Como são lindas as pessoas de bom coração, de boa vontade! É uma beleza que contagia, que exala pelo ar, que nos faz bem. Então, da próxima vez em que você começar a se comparar com as belezas da capa de revista, pare, respire fundo e pense: o quanto de bom e de belo eu carrego comigo? Porque cada vez que nós somos bons para os outros, bons no sentimento positivo mesmo, sem intenção de troca, somos mais bons ainda conosco.

Esse amor-próprio é que nos faz levantar animados, alegres, satisfeitos e isso reflete na nossa vida, nas nossas escolhas, nos nossos hábitos. Começamos a nos cuidar mais, nos acarinhar, nos presentear com menos vícios, menos pensamentos tóxicos e, por conseguinte, nós nos equilibramos e nos tratamos melhor, e a cada olhada no espelho percebemos que aquela pessoa ali do outro lado reflete amor, alegria, nos sorri e a gente sorri de volta e então vai chegar um dia que pensaremos assim:


Que “gente boa eu sou!” E poderemos então respirar fundo, olhar o mundo, sem tristeza, e dizer: Bom dia, gente bonita!

__________

Direitos autorais da imagem de capa licenciado para o site O Segredo: akz / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.