Notícias

Corregedoria vai recolher imagens para investigar PMs beijoqueiros

Corregedoria vai recolher imagens para investigar PMs beijoqueiros1
Comente!

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) recolherá, nesta quinta-feira (6/1), imagens do circuito de câmeras de segurança que flagraram dois integrantes da corporação, fardados e em horário de trabalho, desfrutando de momentos de intimidade com mulheres na saída de uma balada, na madrugada do último dia 31.

PMs beijoqueiros são identificados, afastados e podem ser expulsos

As cenas foram captadas no Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (SAAN). Enquanto um PM beija uma das jovens, seu parceiro de farda beija o pescoço de outra, sem se intimidar com a presença de populares que passavam pela região.

Confira, abaixo, o vídeo do momento íntimo:

O flagrante foi registrado por volta das 4h30, pouco depois de eles terem chegado em um veículo oficial para acompanhar a movimentação no fim da balada. Em certo momento, um grupo se aproxima dos PMs e oferece um cigarro, e o militar começa a fumar.

Minutos depois, duas mulheres se juntam ao grupo. Ato contínuo, um dos PMs vai com uma delas para perto dos carros e começa a beijá-la. O clima esquenta e o casal procura um lugar mais reservado.

O flagrante foi registrado por volta das 4h30, pouco depois de eles terem chegado em um veículo oficial para acompanhar a movimentação no fim da balada. Em certo momento, um grupo se aproxima dos PMs e oferece um cigarro, e o militar começa a fumar.

Minutos depois, duas mulheres se juntam ao grupo. Ato contínuo, um dos PMs vai com uma delas para perto dos carros e começa a beijá-la. O clima esquenta e o casal procura um lugar mais reservado.

Em seguida, o quarteto vai para trás de um bloco residencial e continua com a troca de carícias. São quase 20 minutos de beijos e abraços.

Afastamento e possibilidade de expulsão

Os agentes foram afastados das funções, nesta quarta-feira (5/1), após a publicação da reportagem. Além de um Inquérito Policial Militar, a corporação instaurou um Processo Administrativo de Licenciamento (PAL). O procedimento, destinado a apurar responsabilidade de PMs que integram o quadro de praças, pode resultar em expulsão. Ambos os militares investigados ainda não têm estabilidade no serviço público.

Informações obtidas pela reportagem também confirmam que o comandante do batalhão havia alertado as guarnições sobre a importância de manter a conduta durante o trabalho nas ruas. Em nota, a PMDF ressaltou “que não coaduna com nenhum tipo de desvio de conduta de seus policiais”.

Comente!

Mulher expulsa marido de sala de parto após brincadeira: “Tinha pedido que ele não fizesse”

Artigo Anterior

Menino de 7 anos leva Henry Cavill à escola para provar que seu tio é, sim, o Superman

Próximo artigo