Covid-19: mais de 15 milhões de brasileiros podem virar o ano vacinados, diz Ministério da Saúde

Uma boa notícia para o Brasil: até o fim de 2020, cerca de 15 milhões de brasileiros poderão ser vacinados contra o novo coronavírus!



Conforme avançam as pesquisas no mundo todo para o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus, no Brasil, o Ministério da Saúde anunciou um acordo com a Universidade de Oxford e o governo britânico para o envio de 100 milhões de doses da vacina ao nosso país.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, prevê-se que o primeiro lote, contendo 15,2 milhões de doses, chegue em meados de dezembro deste ano e a vacinação comece no mesmo mês.

Em entrevista ao portal CNN, Medeiros mostrou-se esperançoso e otimista quanto à imunização de parte da população até a virada do ano: “A gente espera que sim, esse é o nosso sonho. Estamos trabalhando arduamente para isso”.


Neste primeiro lote tão esperado por nós, brasileiros, a expectativa é a imunização dos grupos de risco à doença, como idosos, pessoas com comorbidades, como diabetes e hipertensão, e profissionais da área de saúde.

A vacina desenvolvida em parceria com o laboratório britânico AstraZeneca e a Universidade de Oxford, no Reino Unido, mostrou-se segura contra a covid-19 e induziu resposta imune adequada, como divulgado pela conceituada revista científica The Lancet.

Além disso, em um “memorando de entendimento” firmado no último dia 31 pelo Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz com a AstraZeneca, está prevista a encomenda de tecnologia entre os laboratórios para o desenvolvimento da vacina contra a covid-19 no Brasil, que poderá ser produzida no laboratório de Bio-Manguinhos, da Fiocruz.

“Nessa encomenda com a Oxford e a AstraZeneca, o governo brasileiro assumiu compromisso de transferência de tecnologia para termos autonomia de produção da vacina, que será produzida no laboratório de Bio-Manguinhos”, diz Medeiros.


O Ministério da Saúde, em nota, também divulgou o repasse de R$ 522,1 milhões à Bio-Manguinhos, laboratório da Fiocruz responsável pela produção de imunobiológicos, para a ampliação da capacidade nacional de desenvolvimento de vacinas.

Ao ser produzida no Brasil, a vacina será distribuída pelo Programa Nacional de Imunização, que atende ao Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o país.

Ótimas notícias, não é mesmo?

Estamos torcendo para que tudo ocorra conforme o esperado e nos aproximemos do fim desta fase tão difícil!

Compartilhe essa novidade com seus amigos e conhecidos nas redes sociais!

 

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.