Comportamento

As crendices do amor

bem me querr

Somos responsáveis por aquilo que fazemos, pelo que não fazemos e pelo que impedimos de fazer.



Alberto Camus

Viver é provar o que acreditamos. Mas, quando acreditamos em “verdades” que destroem, acabamos por destruir o amor que há numa relação.

Existem muitos conceitos, regras e interpretações sobre o amor que passam de pessoa para pessoa como se fossem verdades definitivas. Essas “verdades” vão criando frustrações e conflitos desnecessários, porque, apesar de às vezes corresponderem ao ideal, estão longe de se adequar à realidade.


Quem quer viver um grande amor precisa aprender a ter pensamentos que o ajudem a construir relacionamentos positivos. É preciso amar com sabedoria para que nossas fantasias não destruam o amor.

Temos de compreender que o outro está amando da melhor forma que sabe e consegue. Juntos, com generosidade, podemos criar um relacionamento construtivo e pleno. Mas se exigimos perfeição o que geralmente conseguimos é magoar o outro e nos decepcionarmos.

Devemos entender que o outro faz o que faz porque essa é a sua forma de ser, e não porque pretende nos magoar.

As pessoas, por vezes, imaginam um ideal de amor e passam a lutar por ele, sem pensar se é um objetivo tangível e se o parceiro também o deseja daquele modo. Criam uma série de ilusões, acreditam que são a realidade e procuram vivê-las no relacionamento, acabando por condenálo ao fracasso. Diz um provérbio popular: “Quem casa com o ideal acorda ao lado do real”.


Antes de desistir de uma relação, analise se as suas “verdades” são capazes de criar a relação que você deseja. Pare e se pergunte com seriedade se as “verdades” em que você acredita não serão meros preconceitos e crendices, se os seus sonhos de amor são de fato realizáveis. Se forem apenas instrumentos de tortura, para você e para quem você ama, certamente criarão um relacionamento hipócrita. E, nesse tipo de relacionamento, são cobrados comportamentos impossíveis. Há o desejo de a relação dar certo, mas os nossos relacionamentos são o retrato do que acreditamos a respeito do amor.

Quando cremos em algo, fazemos qualquer coisa para provar sua veracidade, mesmo que essas verdades só criem sofrimento. E, quando as nossas idéias pretendem criar o amor perfeito, criamos o inferno para nós e para a pessoa amada.

bem

Vamos refletir juntos sobre alguns falsos conceitos sobre o amor, para que possamos identificar suas falhas e encontrar saídas criativas e realistas.


Roberto Shinyashiki – Amar Pode dar Certo

Bendita lei da atração!

Artigo Anterior

Por que eu tento, mas não consigo?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.