Notícias

Criança de 6 anos é agredida pelo pai após errar dever de casa

A criança de 6 anos que foi agredida pelo pai, após errar o dever de casa, na cidade de Caratinga, na região dos Vales em Minas Gerais, segue internada e entubada na UTI pediátrica do Hospital de Pronto-Socorro João 23, localizado no bairro Santa Efigênia, Região Leste de Belo Horizonte.



O menino chegou a ser internado na UPA de Caratinga, na noite de domingo (27), mas, devido à gravidade dos ferimentos, ele foi transferido para BH.

A assessoria do pronto-socorro não divulga estado de saúde dos pacientes internados.

O pai da criança foi preso em flagrante por tortura pela Polícia Civil, ainda no domingo, e encaminhado para o sistema prisional.


Segundo a polícia, ele confessou o crime e justificou as agressões dizendo que estava embriagado.

A Polícia Civil informou que as investigações seguem em andamento.

Entenda o caso

Direitos autorais: Hérisder Matias/G1


Uma criança de 6 anos ficou gravemente ferida após ser agredida pelo pai, de 26, neste domingo (27), em Caratinga (MG). De acordo com a Polícia Militar, o pai estava ensinando dever de casa ao filho. Por não saber resolver uma atividade e errar, o homem agrediu o menino com tapa, socos, pontapés e uma rasteira.

“O pai e a criança estavam sozinhos em casa. Ele estava ensinando tarefa para a criança e ficou nervoso, pois a criança não estava conseguindo entender a matéria. Ele efetuou socos do rosto, face e crânio da criança. Em certo momento, ele aplicou uma rasteira na criança, ela caiu, veio a bater a cabeça em um móvel e ficou inconsciente”, explicou o tenente Fábio Fonseca.

Ainda segundo a PM, a criança bateu com a cabeça em um móvel e teve uma convulsão. O autor tentou desenrolar a língua do menino e deu um banho nele, mas não conseguiu reanimá-lo.

Diante da situação, o próprio pai levou o filho para a UPA da cidade. Os funcionários da Unidade de Pronto Atendimento acionaram a Polícia Militar, avisando sobre o caso.


“Uma equipe da Polícia Militar fez contato no Pronto Atendimento, onde foi confirmada a gravidade das lesões da criança. Ela se encontra inconsciente, intubada e aguardando transferência para uma Unidade de Tratamento Intensivo pediátrica”, disse o tenente.

Durante os trabalhos da polícia, o autor chegou a ligar para a esposa e madrasta da criança, pedindo a ela que escondesse uma arma que estava no local. A mulher, então, entregou a um irmão dele que também foi preso. A arma não foi localizada.

Ainda de acordo com a PM, o pai da criança tem passagens pela polícia por homicídio. Disse ainda que o autor apresentava sinais de ter ingerido bebida alcoólica.


Lázaro ‘descarregou’ pistola em cima de policiais e tinha R$ 4,4 mil no bolso, diz secretário

Artigo Anterior

Para ajudar ambulante, homem compra todo o estoque de vendedora e emociona a todos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.