Comportamento

Criança russa eleita a “menina mais bonita do mundo” hoje enfrenta preconceito. Saiba o porquê!

Foto: Reprodução
Capa Crianca russa eleita a ‘menina mais bonita do mundo hoje enfrenta preconceito. Saiba o porque

Agora, além de elogios em suas postagens nas redes sociais, a pequena tem de lidar com críticas por um motivo que foge ao seu controle.

A pequena Anna Knyazeva, de 11 anos, eleita aos 6 “a menina mais bonita do mundo”, é uma garotinha russa que trabalha como modelo desde muito nova. O título de “a mais bonita” foi conquistado de forma não convencional: foram os internautas do mundo todo que lhe concederam essa alcunha. E mesmo que não tenhamos jurados especializados no caso, a beleza de Anna não é algo para contestar.

Anna já posou para grifes como Amoreco e Kisabiano e, ao que tudo indica, deve seguir os passos da modelo Thylane Blondeau, “detentora” do título há alguns anos e que na adolescência foi desfilar para grifes de renome, como Polo e Ralph Lauren.

A rotina da russa é agitada desde 2015, quando se tornou modelo ainda aos 4 anos. A mãe de Anna é também a responsável pelas redes sociais da menina, onde é possível acompanhar o dia a dia e as principais novidades da carreira da modelo.

Anna logo irá alcançar a pré-adolescência e seus trabalhos como modelo-mirim são bem divulgados nas suas redes sociais, com postagens novas quase todos os dias para os seus seguidores.

2 Crianca russa eleita a ‘menina mais bonita do mundo hoje enfrenta preconceito. Saiba o porque

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @knyazeva_anastasiya_official

A pequena, no entanto, está passando por uma situação delicada. Anna é russa e mora no país, e desde o começo da guerra na Ucrânia, país contra o qual a Rússia investe violentamente, seu perfil tem visto mais e mais comentários de pessoas que acreditam que, por conta de sua nacionalidade, ela apoia os ataques à Ucrânia.

O fluxo de comentários aumentou depois que o perfil de Anna postou uma ilustração da menina em trajes típicos russos, que você pode conferir em seu perfil do Instagram.

3 Crianca russa eleita a ‘menina mais bonita do mundo hoje enfrenta preconceito. Saiba o porque

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @knyazeva_anastasiya_official

A postagem é o principal foco dos comentários acusando Anna e sua família de serem a favor da guerra. Mesmo diante do conflito e podendo dizer que vive numa zona de guerra, as postagens de Anna são descontraídas e focadas em seu trabalho como modelo, sem abordar as questões da guerra diretamente, o que provocou a ira de algumas pessoas. Vários dos seus seguidores começaram a deixar comentários nas publicações da menina, perguntando como ela podia postar fotos felizes se seu país estava bombardeando inocentes.

Embora nem Anna nem sua família tenham usado o perfil para deixar claro o seu apoio ou não ao conflito entre Rússia e Ucrânia, podemos ver em relatos nos sites de notícias que a maioria da população russa se diz avessa à guerra, muitos são obrigados a lutar nela, com o risco de perder a vida. A menina é jovem demais para entender as complexidades de um embate dessa magnitude, logo debater o seu posicionamento quanto a isso na internet e julgá-la apenas pela sua nacionalidade parecem uma tarefa contraproducente.

4.Crianca russa eleita a ‘menina mais bonita do mundo hoje enfrenta preconceito. Saiba o porque

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @knyazeva_anastasiya_official

Entenda o conflito entre Rússia e Ucrânia

O conflito dos dois países do Leste europeu teve início em 24 de fevereiro, marcando o começo de 2022. Embora especialistas tivessem dito à época que a questão poderia chegar ao fim rapidamente, a guerra já alcançou a marca de um mês.

A capital ucraniana Kiev poderia vir abaixo em questão de dias, de acordo com apontamentos no princípio do conflito, por conta do poderio bélico de Putin. Trinta dias depois, as tropas russas estão encontrando dificuldades para avançar no território ucraniano, um cenário pouco provável para muitos.

A superioridade do exército russo perante as forças ucranianas é indiscutível. No início da guerra, a Ucrânia tinha cerca de 219 mil soldados em suas tropas ativas, contra 840 mil militares russos, de acordo com informações da CNN. Aeronaves de combate eram 170 ucranianas diante de 1.212 russas.

0 %