Notícias

Cristiana Oliveira elogia o ex-marido Fabio Assunção: “Sou uma admiradora”

Foto: Instagram
Cristiana Oliveira elogia o ex marido Fabio Assuncao

A atriz Cristiana Oliveira, de 58 anos, relembrou seu casamento com o também ator Fabio Assunção, de 50 anos, e rendeu elogios ao ex-marido, com quem viveu um relacionamento de três anos.

Em entrevista ao podcast Papagaio Falante, Cristiana comentou a trajetória do artista:

Fui a primeira mulher dele, ele tinha 19 anos. […] Fabio era outro dessa praia da inteligência, da cultura, do questionamento. Fabio sempre foi um cara muito questionador e eu não tinha esse conhecimento. Ele também veio do teatro de São Paulo. Ele é um super ator, era um cara muito entregue. Enfim, eu o admiro muito. Cristiana Oliveira

“A gente já perdeu o contato há muito tempo, mas eu sou uma grande admiradora da trajetória do Fabio. Ele foi um guerreiro. Com tudo o que ele passou na vida dele, ele hoje está bem para cacete, super bem casado, acabou de ter uma filhinha, é um put* de um ator. A gente tem que aplaudir”, seguiu a atriz, que afirmou ainda que Fabio Assunção foi o único ator que namorou., disse ela

Ainda no papo, Cristiana comentou sobre “Pantanal”, novela que viveu Juma e que tem seu remake no ar atualmente na TV Globo. A artista afirmou que lidava bem com a nudez na obra e revelou que seu relacionamento com Marcos Winter, ator de 55 anos que interpretou Jove na obra em 1990, seu par romântico na novela, não era dos melhores:

“A gente não ia com a cara um do outro. […] O Marquinhos sempre foi um cara intelectualizado, ele veio do teatro. Ele era um ser pensante, um cara que questionava as coisas, que tinha uma consciência política e artística. Ele tinha um pouco de preconceito com a televisão. Naquela época, tinha fama de que ator de verdade não podia fazer televisão, tinha que fazer cinema, teatro”, contou ela.

Não estou dizendo que tinha sido isso, a gente nunca falou [sobre isso]. Mas enfim, naquela época, estava acontecendo coisas comigo que eu própria não entendia, era um sucesso estrondoso. […] Eu comecei a fazer Gugu Liberato, programas de auditório e aí ele falava assim, eu não lembro o texto, mas uma coisa do tipo que ele tinha preconceito com isso, ‘não, você é atriz’. Eu falava: ‘Caramba, eu estou só curtindo, aproveitando’. Um dia ele falou para mim: ‘A gente não é da mesma praia, a gente é de praias diferentes”, disse Cristiana Oliveira.

0 %