3min. de leitura

Cuide do seu jardim interior…

    Cuide do seu jardim interior…


Quantas vezes ao dia você conversa consigo mesmo para se atentar aos seus erros e acertos?

Quantas vezes ao dia você faz reflexão sobre seus passos, suas escolhas e sonhos?

Pois é. Eu tenho certeza que você pára pouco para conversar consigo mesmo e não olha para dentro de si para cuidar de seu jardim interior. O jardim interior que temos foi nos dado por Deus, e esquecemos de cultivá-lo para que ele brote e resplandeça naturalmente, sem precisar de artifícios que em muitas vezes são de maneiras ilusórias. Sabe como cuidar de seu jardim interior?


É simples, é rir na dor, abraçar alguém que precisa de alento, ser luz quando as almas ao redor estão perdidas nas trevas, é ter FÉ em todos os momentos em que as portas se fecham. É fácil? Não, claro que não é.

Mas é nesse viés que o jardim floresce mais resplandecente e ofusca tudo e todos que querem ou tentam envenená-lo. Cuide dele.

Ore e vigie, mas é para ser de verdade. Oração é para fortalecer mais o espírito e vigilância é para observar além do que a realidade apresenta e perceber quem são aqueles que tentam lhe derrubar nos mínimos detalhes e/ou palavras.

O jardim interior que temos poderá se tornar frágil se permitimos que palavras negativas proferidas contra nós entrem e se cauterizem nas raízes que tanto lutamos para plantar e cultivar.


Atente-se a quem está ao teu lado e como se comporta. Há muitos que nos abraçam com punhal na mão.

Contudo, o cuidar do jardim interior que todos nós temos, pois somos todos filhos de Deus, e não das trevas, precisa ser cultivado dia após dia, com afinco e sabedoria.

Ria mais consigo mesmo, alegre-se mais, dance mais, suavize seu olhar, solidarize-se mais, silencie-se quando preciso, pois Deus também fala conosco na quietude, suavize mais tua caminhada e pare de se cobrar tanto se você sabe mais do que ninguém que é capaz de realizar plano e projetos.  Não se angustie tanto.

O coração quer repouso e não facadas.

Obviamente que nesse dias atuais, tem sido árduo, complexo e confuso, porém aquele que se orienta com equilíbrio, não perde o sorriso com qualquer tempestade porque conheces bem o próprio jardim.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.