publicidade

Curando as emoções do passado com a terapia da linha do tempo:

Todos nós em nossa jornada, aqui e agora, já passamos em algum momento no passado por situações emocionais difíceis. Temos a certeza que agimos da melhor maneira que podíamos diante dos recursos internos que tínhamos para tal, mas isso não significa que os resultados foram positivos e benéficos para nós.



Essas experiências mal resolvidas que nos trouxeram dor, sofrimento, mágoas e medos ainda continuam agindo em nosso Universo interno e basta ver uma cena, ouvir uma voz ou lembrar-se de um lugar que tenha alguma relação com a situação vivida, que toda dor acorda e volta novamente a nos dizer: “Olá, estou aqui, você ainda tem que aprender algo sobre mim”.

É justamente sobre este aprendizado que a TLT nos fala, pois só é através dele que a cura para as emoções do passado pode acontecer e, para isso, é preciso saber “quando” na linha temporal ocorreu a primeira experiência daquela emoção em sua vida.

Segundo a TLT, as cinco principais emoções que o ser humano vive antes dos cinco anos de idade são: medo, tristeza, raiva, mágoa e culpa, que se instalam em seu sistema.


É fácil imaginar que um bebê pode chorar muito tempo porque está com fome, e como a mãe não vem lhe atender prontamente ele reage através da raiva, e neste momento, essa primeira emoção de raiva se instala em seu inconsciente como um programa, abrindo um arquivo chamado “RAIVA” e, a partir daí, toda vez que ele sentir raiva, essa “Nova-Raiva” se juntará ao arquivo aberto quando bebê e, supõe-se que a cada fase da vida, esse arquivo vai se acumulando e hoje um evento de contrariedade no trabalho ou no relacionamento afetivo pode fazer emergir um sentimento ainda mais forte, pois quando o arquivo se abre a raiva será uma corrente de muitos elos, e portanto, a raiva de hoje está irmanada com todas as outras e se apresenta de um tamanho desproporcional ao acontecimento e por isso traz mais incompreensão, dor e sofrimento.


O processo parece bem estranho, no entanto é muito mais simples do que parece, pois a mente armazena os fatos vividos em uma sequência temporal, um após o outro, do mais antigo ao mais recente, em uma espécie de linha, e você pode então “viajar” nesta linha do tempo, se conectando com os eventos do passado que geraram emoções negativas ou desconfortáveis e solicitar a sua mente inconsciente que observe o evento e aprenda tudo que é necessário sobre tal situação, até que facilmente a mente deixe ir embora tal emoção e que se preserve apenas o aprendizado que será integrado no aqui e agora.

Se a mente pudesse hoje, voltar no tempo e compreender o evento que gerou aquela primeira raiva, se hoje não mais o bebê, mas o adulto pudesse olhar para trás, para o passado e compreender que naquele momento a mãe estava aflita com várias situações a sua volta e que por isso demorou para atender a necessidade do bebê, com certeza o adulto fecharia esse evento em sua mente de maneira positiva, ou seja, realizaria o aprendizado e com isso a raiva se diluiria, pois havendo a cura no primeiro evento todos os elos da corrente se romperiam e cada um subsequente encontraria um novo lugar na mente, totalmente adequado ao fato ou situação ocorrida.


O mais maravilhoso de tudo isso é que somente o aprendizado realizado pela mente inconsciente é capaz de fechar a gestalt (“o que é colocado diante dos olhos, exposto ao olhar” – Wikipédia ), ou seja, de concluir a experiência do evento, trazendo para consciência esta compreensão. Trata-se de uma troca positiva, pois é como se você pudesse dizer a mente: “Não é muito mais seguro para você deixar a emoção ir embora e preservar os aprendizados“.

Na verdade a mente inconsciente sabe que não deixar ir embora a emoção negativa está em conflito direto com a sua mais elevada Direção Fundamental, que é preservar o seu corpo e a sua saúde. Esta emoção, apesar de conseguir resultados, não preserva a saúde do corpo, ela o machuca; então melhor deixar a emoção ir embora e conseguir os mesmos benefícios de algum outro modo mais positivo para sua vida.

A técnica da TLT, utiliza linguagem hipnótica e comandos e conceitos de ressignificação formatados pela Programação Neurolinguística (PNL), trata-se de um script muito bem desenvolvido e perfeito para conversar com a mente e obter dela o melhor resultado – a mudança e o benefício imediato nas emoções trabalhadas.

Faça então apenas uma pequena experiência. Entre em contato com a sua linha do tempo e peça a sua mente inconsciente para aprender tudo que seja necessário para você se sentir melhor em relação a “X” problema. Observe os resultados e note que boas sensações substituirão os desconfortos.

Viajar no tempo da sua mente e resgatar alegria, saúde, vitalidade só pode ser tudo de bom.

__________

Por: Elaine Pera – Via: EuSemFronteiras

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.