Comportamento

Daniel Craig revela que não deixará herança de R$ 800 milhões para filhos: “Pretendo doar”

O ator não pretende deixar o dinheiro com os filhos e ainda acredita que passar herança para outras gerações seja “algo desagradável”.



Quantas vezes não imaginamos que muitos de nossos problemas atuais seriam resolvidos com uma soma em dinheiro? Aquelas coisas que quebraram em casa, o conserto do carro, aquele investimento adiado ou até mesmo a chance de ajudar quem amamos.

Mesmo que não possamos encarar o dinheiro como nosso principal objetivo, também não podemos esquecer que o sistema nos obriga a tê-lo para sobreviver.

Muitos jovens devem estar, neste exato momento, imaginando o que fariam primeiro se ganhassem uma grande quantidade de dinheiro, fruto de uma herança inesperada. Mas nem todos pensam dessa mesma forma.


O ator Daniel Craig, de 53 anos, fez uma declaração recentemente à “Candis Magazine” que impressionou alguns e chocou outros fãs. Ele revelou que sua filha Ella Loudon, de 29 anos, e seu filho de 3 anos, não herdarão sua fortuna de cerca de R$ 800 milhões.

Famoso por interpretar James Bond, o ator defende que herdar dinheiro é algo “desagradável” e que espera doar a maior parte do dinheiro antes de morrer. Casado com a atriz Rachel Weisz desde 2011, Daniel também falou um pouco da franquia, e pretende deixar o papel do galã no próximo “007”, “No time to die”, que será lançado no próximo mês, depois de inúmeros adiamentos por conta da crise sanitária desencadeada pela covid-19.

A mídia já estava especulando se o ator voltaria ou não a assumir o papel de James Bond, e Daniel explicou que pensava em não ser mais fisicamente capaz de fazer outro filme, e já imaginava que não voltaria mais.

Persuadido a voltar para esse desfecho, ele afirmou que existe um segmento na história de “Casino Royale”, primeiro filme da franquia, que o convenceu da decisão. A produtora do filme, Barbara Broccoli, disse que ele ficou extremamente “exausto depois do filme”.


A produtora e seu meio-irmão Michael Wilson, que juntos dirigem a Eon Productions, decidiram conversar com Craig para saber quais as chances de retornar como Bond. Foi quando o ator se lembrou de um segmento de “Royale” que poderia ser finalizado agora, algo entre os personagens Vesper e Spectre.

As declarações de Daniel Craig sobre a herança não pararam por aí, ele disse que existe um velho provérbio que diz: “se você morrer rico, fracassou”, por isso não deseja morrer com toda sua fortuna. A filha Ella, fruto do antigo relacionamento com Fiona Loudon, e a caçula, que não teve o nome divulgado, da Rachel Weisz, provavelmente ficarão com uma pequena soma da herança.

O galã do “007” ainda explicou que a herança é algo “desagradável” e sua filosofia de vida é se livrar dela ou doar o máximo que puder antes de morrer. O mais recente filme da franquia “007” está previsto para ser lançado no dia 30 de setembro, e pode ser a última vez que Daniel Craig ocupará esse papel.

 


Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.

Paralisado dos joelhos para baixo, idoso recolhe lixo de rio poluído todos os dias, há 6 anos!

Artigo Anterior

Dono coloca cartaz ofensivo em loja e cliente trans tira satisfação: “Não podem nos menosprezar”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.