Notícias

Danielle Winits abre o jogo sobre dívida por pensão de André Gonçalves

Foto: Reprodução.
Danielle Winits abre o jogo sobre divida por pensao de Andre Goncalves

Danielle Winits se pronunciou pela primeira vez sobre a polêmica envolvendo seu marido, o ator André Gonçalves, após ser acusado de não pagar pensão para as filhas Valentina, de 18 anos, e Manuela, de 23.

O ator chegou a ser preso por conta das denúncias, mas foi solto pouco tempo depois.

Além do problema com Manuela, André Gonçalves também tem problema com outra filha. Valentina, de 18 anos, filha de seu relacionamento com Cynthia Benini, também não tem a pensão paga pelo pai e a dívida já chegou a casa dos R$ 350 mil. Em entrevista ao jornal O Globo, ele revelou que tentou um empréstimo de R$ 450 mil, mas foi negado. Winits teria oferecido ajuda, mas ele afirma ter recusado.

A artista falou sobre o assunto em entrevista.

“Prefiro não entrar, porque é um assunto dele, tem outras pessoas envolvidas. Prefiro me abster como me abstive. Não só porque o envolve, mas porque abrange outras pessoas. Acho que é importante a gente não ser invasivo de nenhuma maneira. Procuro não invadir o espaço que é do outro”, explicou.

Entenda

André Gonçalves teve a prisão domiciliar decretada por não pagar os R$ 350 mil de pensão que deve à filha Valentina, de 18 anos, fruto do casamento com Cynthia Benini.
Posteriormente, André se tornou alvo de um novo mandato de prisão. Desta vez, Manuela Seiblitz, sua filha mais velha com a atriz Tereza Seiblitz, acusou o pai de não pagar a pensão alimentícia que lhe deve. A dívida acumula em R$ 109 mil.

Sylvio Guerra, advogado do ator, afirmou que ele não cumpriu com o pagamento porque foi desligado da TV Globo. “Ele está desempregado desde 2016, quando foi demitido da Rede Globo após mais de 20 anos de trabalho. Ele tem duas filhas e um filho e as pensões eram descontadas na folha de pagamento do salário dele. Daí, em 2016, quando foi demitido, ele não conseguiu mais honrar as pensões combinadas através de acordos feitos muitos anos lá atrás”, disse.

0 %