4min. de leitura

De partir o coração! Idoso procura comida em supermercado vazio durante pandemia

Idoso se viu diante de uma prateleira vazia, depois de os clientes comprarem todos os alimentos e produtos de higiene para estocar durante a quarentena.



A pandemia provocada pelo novo coronavírus tem se alastrado rapidamente pelo mundo. A cada dia, novas pessoas são diagnosticadas com a doença, hospitais chegam perto de sua lotação máxima e o medo também está tomando conta das pessoas. Mas tão nociva quanto a ação desse vírus é a falta de bom senso, que tem feito moradores do mundo todo agirem de forma irresponsável.

Na angústia de proteger a si e às suas famílias, muitos consumidores estão indo em peso às lojas e comprando o máximo de alimentos, medicamentos e produtos de higiene para estocar durante a quarentena. Ficar em casa é, de fato, a principal recomendação das autoridades sanitárias para evitar se contaminar com a doença.

No entanto, por mais que pareça uma iniciativa sensata preparar-se para um longo período de isolamento, comprando tudo o que se vê pela frente, essa atitude reflete o quanto ainda somos egoístas e pouco solidários.


Alguns estabelecimentos já começam a enfrentar o desabastecimento e, por consequência, pessoas estão ficando sem os itens básicos para sua subsistência.

Ou seja, além de viver sob o risco de se contaminar com uma doença para a qual ainda não há cura, alguns estão suscetíveis a passar fome.

Um retrato nítido dessa falta de compaixão fica claro numa imagem que tem viralizado pelo mundo. A foto feita por Milli Taylor, em um supermercado da Inglaterra, mostra um idoso de cabeça baixa, olhando entristecido para sua lista de compras.

No papel, possivelmente, havia muito mais produtos do que na prateleira à sua frente, a qual estava completamente vazia, sem alimentos, produto de limpeza ou de higiene pessoal, como o tão recomendado álcool gel.


Ao mesmo tempo em que transparecia a angústia do morador por não encontrar nenhum dos itens que precisava comprar, ao fundo da imagem, algumas pessoas empurravam seus carrinhos cheios.

Em sua postagem, Milli fez um apelo para que outras pessoas não comprem mais do que o necessário, para não correr o risco de deixar outros moradores sem ter o que comprar para também enfrentar a quarentena da forma menos traumática possível.

Em tempos de pandemia, devemos exercitar a solidariedade e o altruísmo. Não podemos pensar apenas no nosso bem-estar e esquecer que outras pessoas também estão passando pelo mesmo momento de angústia e desespero. Este é o nosso dever como cidadãos, mas também como seres humanos.

Você está ajudando as pessoas à sua volta a passarem por este momento tão difícil?

Deixe a sua opinião nos comentários e compartilhe o texto nas suas redes sociais. 

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: reprodução Instagram/@millitaylor.

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.