Colunistas

De que forma o Processo terapêutico acontece?

de que forma o processo 1 1

Não é porque entrou em um Consultório Psicológico para iniciar sua terapia que já está no “processo terapêutico”. O processo terapêutico é muito mais do que ir à terapia toda semana. É importante optar todos os dias por transformar-se, desnudar-se, e oferecer a você quantas chances precisar…

Quando a terapia começa a acontecer de verdade para a pessoa, ela vai muito além do consultório, da sessão terapêutica, ela ocupa vários momentos e espaços da vida dessa pessoa e começa a atuar em todos os cenários e contextos da vida …

Algo acontece quando, de fato, alguém entra de verdade no processo terapêutico, algo muito maior do que o terapeuta e o paciente são capazes de conseguir supor. Existe uma magnitude no ser humano, existe uma infinidade de possibilidades, uma infinidade de caminhos …

Quando o coração se abre para mudanças, para o processo terapêutico, muitas coisas  começam a se transformar de dentro para fora.

A figura do psicólogo é fundamental em uma terapia, o profissional conduz todo o processo, mas existe algo muito além disso, para que aconteçam as verdadeiras transformações e mudanças na vida da pessoa que se propõe fazer terapia…

É preciso querer, é preciso estar disposto, ter vontade real, não é porque você está indo toda semana à terapia que você está no processo terapêutico. É preciso muito mais do que seu corpo, sua presença física, é preciso força de vontade, coragem para operar na sua vida de uma forma diferente, para conseguir cuidar melhor de você, para dizer “não” quando isso for o desejo do seu coração, independente de quem esteja na sua frente, independente da situação.

É preciso um conjunto de atitudes diferentes das que tinha antes da terapia, e mais saudáveis, para saber que realmente está funcionando todo o processo terapêutico.

Tudo é um processo, tanto o terapêutico, quanto o processo da vida. Existem etapas, existem barreiras para serem transpostas e, muitas vezes, esses obstáculos não estão fora de você, eles estão dentro de você.

Quase sempre criamos monstros, inimigos fora de nós, mas o maior dificultador da nossa felicidade, do nosso amor próprio, da nossa beleza, da nossa saúde, está dentro de nós mesmos…

É preciso fazer as pazes com você, libertar-se de antigos padrões, criar novas pontes, eliminar resíduos nocivos de relações antigas, de pessoas que não acrescentaram muito e até retiraram algumas coisas importantes de nós… e desculpar, soltar, desprender-se de sentimentos, pessoas e coisas que foram dificultadoras e se unir a algo muito maior…

Você pode possibilitar novos encontros, que sejam mais saudáveis e afetuosos.

É possível propagar a paz em você e trazer pessoas para perto que comunguem com isso, e afastar pessoas que não comunguem com isso.

Seja mais você, crie mais alegrias ao seu redor, promova mais divertimentos, oportunize mais o amor…

Proponha ter um novo encontro com você, um encontro que crie novas alternativas para sua vida…

Quando consegue estabelecer uma nova forma de se relacionar com você, cria mais ventura, do que desventuras…

Comece a levar para sua vida as conquistas que faz dentro do consultório de psicologia, comece a ter um olhar diferenciado com você. Observe mais as coisas que estão acontecendo dentro do processo terapêutico e se liberte de vínculos nocivos, não somente os vínculos nocivos com determinadas pessoas, mas principalmente os vínculos nocivos que estabelecia com você, e comece a colocar luz em todos os recônditos do seu ser…

O processo terapêutico oportuniza mais leveza para sua vida. Desta forma, inicia um processo de fortalecimento consigo mesmo…

E o seu processo terapêutico começa a se expandir para todas as formas da sua vida…

Quando você realmente entra no processo terapêutico, você evolui e consegue aceitar melhor os equívocos seus e dos outros, a cobrança diminui e o que era “culpa” se transforma em “responsabilidade”.

Quem tem “culpa”, sofre, amargura-se, vitimiza-se, e, muitas vezes fica em um lugar estático… Não consegue agir. Paralisa-se.

Quem já consegue ver sua parte de responsabilidade em tudo o que vive, quem atua como protagonista de sua própria vida consegue ver que tudo o que lhe acontece é consequência de alguma ação ou inação sua. Mesmo que a ação dos outros também conte…

Nesse caso, a pessoa que compreende sua parcela de responsabilidade pode atuar, consegue ter um movimento, uma ação e, dessa forma, pode atuar e transformar tanto a si própria, quanto ao seu redor…

O processo terapêutico possibilita desculpar a si mesmo, independente da situação…  Possibilita um reencontro bonito e mais amoroso com a sua própria pessoa…

Possibilita que se perca e se encontre sem tantas cobranças, sem tantos porquês, possibilita que viva mais do que busque ser perfeito, viva mais do que reclame… Sinta mais do que exija… E aprenda a ser o seu melhor amigo, seu salvador e seu protetor.

Na terapia, comece a tecer diálogos com você que contribuam para salvá-lo, para livrá-lo dos despenhadeiros emocionais e físicos… Contribuam, para que, independente de qualquer situação, você nunca deixe de ser o seu maior aliado.

A terapia contribui para você perceber em maior dimensão que tudo se encontra dentro de você: o problema, a solução, a doença, e a cura… A prisão, e a liberdade…

Quando consegue transpor o universo terapêutico, o processo terapêutico começa a produzir efeitos em toda a sua vida e você fica muito melhor e bem maior do que é… Ninguém mais consegue controlá-lo ou manipulá-lo, você alcança o infinito do seu ser e as possibilidades se fazem da mesma forma, infinitas…

Nada pode te contê-lo, nada mais conseguirá desfazê-lo ou oprimi-lo como antes…

As oportunidades se ampliam e percebe tudo de uma forma mais ampla e totalmente diferente de antes…

Tudo muda, todos se modificam…

Não foram as pessoas que se transformaram, foi você que se modificou, e a forma de se relacionar também mudou, a forma de ver as coisas e de lidar com as situações, então tudo muda…

O processo terapêutico ou psicoterapia é um acompanhamento feito com um psicólogo para tratar e fortalecer a saúde mental, que engloba a saúde emocional e psíquica.

O tratamento também ajuda as pessoas a desenvolverem atitudes e hábitos saudáveis e uma boa relação consigo mesmas.

O processo terapêutico proporciona um encontro profundo e verdadeiro com você, e quando ele acontece de fato, promove muitas transformações e um caminhar mais leve.

Permita-se!

Toda cura acontece de dentro para fora, toda cura é libertadora.

0 %