4min. de leitura

Dê a si mesmo mais uma chance, seja o primeiro a se querer bem, a dizer que tudo passa, que tudo vai dar certo!

A felicidade o espera, não discorde disso!

Então de repente me veio à mente certa pergunta:



–  E se eu pudesse voltar no tempo, voltaria?

Penso, repenso, dispenso. Vejo que tudo que passei forma o que sou hoje, as pessoas que conheço, que conheci; as experiências que vivi, boas ou más, serviram de ensinamento e de fortalecimento para mim. Posso não ser a pessoa mais inteligente, bonita, ou atraente, mas bem sei que tento, tento ser um pouco de cada coisa, ser alguma coisa.

Pessoas românticas e de certa forma ingênuas, sofrem, oh, se sofrem, mas também aprendem, aprendem, sim; um dia aprendem  e se tornam sagazes e como dizem por aí: vacinadas.

As pedras que estão pelo caminho podem se configurar como pessoas, coisas, ou você mesmo. Sim, você mesmo pode ser uma pedra em seu caminho, seu negativismo e baixa autoestima podem lhe atrapalhar muito, e colocá-lo muito mais para baixo do que você pensa.


Certas coisas ou situações vêm a nós como que para nos testar, colocar-nos contra a parede, e querem uma rápida solução, rápida resposta para algo que, muitas vezes, nunca nem pensamos ou cogitamos.

A vida nos traz constantes provas, provas essas pelas quais, nem sempre passamos de primeira; normal, acontece.

Tudo acontece nesse enorme carrossel do viver, amores vêm, amores vão. Nós nos deparamos com muitos espinhos, mas em compensação, muitas rosas, também. E essas rosas são tão cheirosas que deveriam ser muito mais lembradas do que os espinhos, mas, infelizmente, parece que nos recordamos mais deles do que delas.

Lamúrias humanas, eterno maldizer. Devemos agradecer por tudo, tudo de bom e até de ruim que passamos, afinal, tudo tem um propósito, tudo tem um porquê.

Muitas pessoas já choraram de rir, já comeram demais a ponto de quase nem aguentar, já amaram alguém que nem mesmo sabia de seu amor, já perderam um ônibus por estarem atrasadas, ou já pagaram um bom “mico” em público.


Viver é isso, se você se identificou com alguma dessas coisas, isso quer dizer que você é um ser humano que vive não só por viver, mas para tentar ser feliz, para tentar amar e ser amado, para tentar dar tudo de si mesmo e, talvez, não conseguindo por ter limitações e algumas falhas (que todos temos), mas não se preocupe, o importante é você saber que está em completa evolução, os seus erros do passado não devem vir à tona e tentar mudar o sentido de seu futuro. Eles são só exemplos os quais você não deve seguir.

Dê a si mesmo mais uma chance, seja o primeiro a se amar, a se querer bem, a dizer que tudo passa, que tudo se transforma e vai dar certo.

A felicidade o espera, não discorde disso. Basta esperar, perseverar e amar, pois,  de repente, não mais que de repente. ela aparecerá.

___________

Direitos autorais da imagem de capa: Jon Ly on Unsplash

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.