publicidade

Defina para si mesmo o seu inestimável valor!

Elimine todas as crenças de baixo valor que porventura você ainda mantém com você e sobre você.

Se você é uma pessoa que costuma, com frequência, achar que o outro vale mais do que você, eu acho que você está com um sério problema e precisa resolver isso com rapidez.



Se você não sabe para que está neste mundo, se não consegue identificar suas qualidades e valorar positivamente a sua existência, então, eu tenho certeza de que você está com um sério problema e precisa resolvê-lo com urgência.

Todos nós sabemos que somos resultado das convivências – familiares, sociais, escolares, entre outras – que mantivemos ao longo do tempo e que nos influenciaram sobremaneira, a ponto de causar impactos positivos e negativos na construção do nosso “eu”. Como consequência, aprendemos a nos preocupar com o pensamento dos outros acerca de nossos comportamentos e do nosso jeito de ser e estar no mundo.

É exatamente neste ponto que a maioria dos problemas que as pessoas acham que tem, toma forma e se origina.


A partir do momento em que você concede ao outro o poder de opinar sobre o seu modo de agir, concede-lhe também o direito de colocar um valor em suas atitudes, suas decisões e suas escolhas.

A partir disso, você mesmo passa a valorar positivamente a opinião do outro a seu respeito, como se ele realmente tivesse o poder de lhe enxergar como você realmente é, em detrimento da sua própria autoavaliação.

E, na medida em que o tempo vai passando, você percebe que o desgaste emocional resultante da vivência de papéis sociais dissociados da sua essência, gera cada vez mais insatisfação, fazendo com que a negatividade assuma um lugar preponderante em sua vida.

Esta preocupação excessiva acerca do como as outras pessoas o veem é prejudicial para sua autoimagem e autoestima, gerando pensamentos e sentimentos de menos-valia que não contribuem em nada para o seu desenvolvimento e crescimento pessoal.


É muito importante colocar um ponto final nesta forma de pensar e de gerir a própria vida. E como fazer isso? Entendendo que aquilo que os outros pensam sobre você não é importante e não deve ser o centro das suas reflexões.

Aprendendo a eliminar aquela voz fantasmagórica do “outro”, sabendo que compete unicamente a você deixar que ela lhe atormente ou não, simplesmente decidindo não ouvi-la, ou não lhe dando atenção.

Elimine todas as crenças de baixo valor que porventura você ainda mantém com você e sobre você. Crenças tais como: eu não mereço, eu não sou capaz, eu não consigo, entre várias outras, apenas arrebentam a sua autoestima e não acrescentam absolutamente nada em sua vida.

Desenvolva um olhar diferenciado sobre você mesmo e amplie a confiança em suas potencialidades e capacidades, sem precisar jamais ter que se comparar a alguém e sem ter que embasar o seu próprio juízo de valor na opinião de outra pessoa.

Utilize como estratégia para conseguir isso, recordar-se apenas dos acontecimentos positivos em sua vida, eliminando todo e qualquer resquício do que lhe parece ter sido um insucesso. Empenhe-se a desenvolver convicções fortes, corajosas, verdadeiras e reais acerca de si mesmo, aumentando assim as suas chances de ser bem sucedido.

Quanto você vale? É só você que pode responder a esta pergunta. Na minha opinião, o seu valor não é passível de mensuração, uma vez que você é repleto de… possibilidades ilimitadas. Deste modo, como medir? Qual referência utilizar? Difícil, não é? Eu diria impossível!

Da mesma forma que ouvimos a frase “você está no lugar no qual se coloca”, eu faço aqui uma rápida analogia, dizendo que você vale exatamente o valor que se dá.

E, atenção: antes de determinar a sua relevância, vasculhe profundamente a sua essência e reconecte-se com o que você tem de melhor. Somente depois disso é que você poderá começar a pensar em atribuir-se um valor.

Mas, lembre-se de uma palavra que está no título deste artigo: INESTIMÁVEL. Inestimável é algo de valor incalculável!

____________

Direitos autorais da imagem de capa: mavoimage / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.