Notícias

Deolane é processada por sem-teto e justifica: “Minha luta sempre será em defesa das mulheres”

Foto: Reprodução
deolane e givaldo alves

Os dois protagonizaram uma discussão nas redes sociais, as informações são de que Givaldo teria entrado com um processo de calúnia e difamação contra a advogada.

A fama pode chegar de maneiras diferentes para cada pessoa, enaltecendo a forma como atua, sua carreira profissional ou até mesmo apenas sua imagem. Desde os anos 2000, as subcelebridades acabaram ganhando uma categorização diferente, e vimos nomes como Paris Hilton e as Kardashians cair na boca do público, apenas aparecendo na mídia ou mostrando um lado de suas vidas.

Nem todos concordam com a cultura das subcelebridades, mas sabemos que elas ganham palco justamente porque um segmento do público deseja consumir o que produzem. Podem ser situações polêmicas, brigas, envolvimentos amorosos ou até mesmo viagens luxuosas, a cultura das estrelas na época de redes sociais tem sido cada vez mais reforçada pelo número de likes e pelo engajamento que têm em cada publicação.

No Brasil, a cultura das subcelebridades também tem força, e respeita, basicamente à mesma regra que nos demais países: a partir de reality shows, acontecimentos polêmicos e até mesmo por exposições nas redes sociais, as pessoas podem acabar adquirindo seus 15 minutos de fama. Nas últimas semanas, o caso que envolve Givaldo Alves de Souza, Eduardo Alves e sua esposa, Sandra Mara Fernandes, acabou se tornando destaque dos principais veículos noticiosos e também um dos assuntos mais comentados na internet.

O caso ainda está sendo investigado, mas o envolvimento sexual de Givaldo Alves, um homem que estava em situação de rua, e Sandra, no dia 9 de março deste ano, que acabou com Eduardo agredindo o sem teto, acabou se mostrando um dos principais exemplos de difamação da mulher, que acabou vendo detalhes íntimos do encontro expostos na mídia, mesmo com laudo da equipe médica do Hospital Universitário de Brasília apontando que ela sofre de “transtorno afetivo bipolar em fase maníaca psicótica”.

Acompanhando o assunto, a advogada Deolane Bezerra, em seu Twitter, disse que não estava acreditando que Givaldo tinha se tornado uma subcelebridade depois do ocorrido. Em poucas semanas, ele foi de sem-teto a participação VIP em eventos da alta sociedade, com jovens das mais variadas idades disputando por uma selfie ao seu lado. De vídeos no TikTok a convites para se filiar a partidos políticos para disputar as eleições deste ano, sua fama acabou se tornando um motivo de insatisfação para muitas pessoas.

2 Deolane e processada por sem teto e justifica Minha luta sempre sera em defesa das mulheres

Direitos autorais: Reprodução Twitter/ @Dra_Deolane

Depois de alguns tuítes mostrando seu ponto de vista aos seguidores, Deolane recebeu um vídeo que Givaldo publicou em seu Instagram, falando que ele e ela tinham muito em comum. “Talvez você esteja indignada por um mendigo ter ganho fama ainda que por uma tragédia, mas aí pensei…talvez tenhamos algo em comum, florzinha”.

Givaldo fazia referência à morte do MC Kevin, que morreu depois de cair da sacada de um quarto de hotel na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, em maio de 2021. Na época, o caso ganhou repercussão por supostamente ter garotas de programa envolvidas, sem o conhecimento de Deolane, que estava no local, mas em um quarto diferente.

Depois que o caso acabou sendo arquivado, pelos indícios apontarem para morte acidental, a viúva acabou ganhando mais destaque na mídia, protagonizando grandes eventos, falando sobre política e ganhando a fama de “estourada”. As afirmações de Givaldo não agradaram a advogada, que se defendeu: “Nunca queira comparar o que aconteceu na minha vida enquanto eu estava dormindo, com o que aconteceu na sua quando você auxiliou”.

3 Deolane e processada por sem teto e justifica Minha luta sempre sera em defesa das mulheres

Direitos autorais: Reprodução Twitter/ @Dra_Deolane

Segundo reportagem do Metrópoles, Givaldo entrou com uma ação de calúnia contra Deolane, que usou o Instagram para explicar que ainda não foi notificada judicialmente. Em seu vídeo, ela explica que é um direito dele e de todos os cidadãos do Brasil, e que a Justiça está aí para isso, mas que está tranquila e não retira nenhuma palavra do que disse anteriormente.

A advogada ainda reforça que seu compromisso é com a defesa das mulheres, e que só vai se manifestar sobre o caso quando for oficialmente notificada. Deolane já tinha dito também que ele era um “aproveitador de mulheres”, principalmente porque seu envolvimento no caso do Distrito Federal.

Confira abaixo o vídeo de Deolane:

0 %