publicidade

Depois de dormir em chão de terra, homem aprendeu 7 idiomas e hoje dá aulas em Oxford!

Apesar de uma vida muito difícil, Esteban superou as dificuldades através do conhecimento e persistência; hoje sua vida é de vitórias!



A vida é um desafio constante, estamos sempre enfrentando alguma realidade desfavorável, que nos exige paciência e sabedoria e, em muitos momentos, podemos nos sentir fracos ou incapazes de seguir em frente.

No entanto, alguns de nós surpreendem com sua resiliência, dedicação e capacidade de readaptação, e com isso são capazes de superar todos os desafios de cabeça erguida e encontrar o caminho certo para realizar todos os seus sonhos.

Uma dessas pessoas é o argentino Esteban Cichello Hübner, que enfrentou uma jornada com muitos desafios desde a infância, mas não desistiu e hoje vive uma realidade de superação e muito sucesso.

Em entrevista ao Infobae, o atual professor de Oxford e fluente em sete idiomas revelou um pouco de sua jornada até o momento presente e de como foi capaz de se superar e alcançar uma posição de tanto respeito, depois de começar de baixo.

Esteban nasceu em La Falda, na província de Córdoba, na Argentina. Aos 6 anos, sua história sofreu uma reviravolta ao testemunhar sua mãe sofrendo violência doméstica do próprio pai, ao descobrir uma traição.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Esteban Cichello Hübner.

Depois disso, ele foi embora com a mãe e o irmão mais velho, para Buenos Aires, e teve de reaprender o conceito de família num momento muito delicado da vida, em que viveu em pobreza extrema, privado até mesmo das coisas mais comuns, como um banheiro ou um chão para dormir.

Ele viveu em uma fazenda muito precária, onde não havia energia elétrica, comida, e precisou dormir no chão de terra por muito tempo. Nessa fase, ele descobriu um talento de atuação e, assim que possível, comprou um dicionário de inglês para começar a estudar e mudar sua vida.


Com o tempo, sua mãe se casou novamente e teve mais dois filhos com um homem tão abusivo quanto seu pai, por isso Esteban começou a trabalhar cedo, para ter o próprio dinheiro e com isso começar a construir sua vida, libertando-se de todas as dificuldades.

Ele trabalhava e estudava, e foi incentivado por uma professora a conhecer o mundo e suas raízes e, através disso, conseguiu mudar a própria história.

Depois de se dedicar muito, Esteban conseguiu viajar para Israel, e lá conseguiu emprego de assistente num hotel durante a noite. Em sua folga, estudava hebraico.

Ele formou-se em Relações Internacionais e Ciências Políticas, na Universidade Hebraica de Jerusalém, sempre com os méritos do próprio esforço. Também viveu em Tóquio (Japão) e Paris (França), mas nunca abandonou o desejo de estudar na Universidade de Oxford, na Inglaterra.

Sempre batalhando muito, vivendo com honestidade e sem se esquecer do seu passado, ele finalmente entrou na universidade dos seus sonhos, ganhou uma bolsa e conseguiu um período de graça, e foi provando o seu valor e conquistando vitórias, até se tornar professor da universidade inglesa, de renome mundial.

Em todo esse tempo, ele também fez o possível para ajudar a sua mãe, Esther.

Hoje em dia, Esteban é fluente em espanhol, inglês, italiano, português, francês, alemão, hebraico, e fala um pouco de árabe. Já conheceu 82 países e vive uma vida muito melhor, que conquistou através dos próprios esforços.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Esteban Cichello Hübner.

O professor diz que, com esforço e trabalho, tudo pode ser feito, e revela que se sente muito rico, porque rico não é quem tem mais, mas quem menos precisa, e que precisa de muito pouco para ser feliz.

Que poderoso exemplo! Sua história nos mostra que, muitas vezes, nós é que nos limitamos e que podemos alcançar tudo o que desejamos, se não desistirmos!

Compartilhe-a em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.