Comportamento

Depois de filha desvalorizar o esforço materno e ser mal-educada, mãe a faz vender chicletes na rua

A própria mãe foi quem registrou e compartilhou as imagens em sua rede social. De acordo com a publicação, ela queria apenas “ensinar uma lição à menina”.



O sistema de punição é comumente adotado quando o assunto é criação infantil. Nem todos concordam com essa abordagem, mas ainda está presente em muitos lares do mundo.

É uma forma que os genitores ou responsáveis encontraram de “ensinar” às crianças que elas estão erradas em algum comportamento ou atitude.

Assim, quando uma criança se comporta de forma considerada inadequada, ela é punida. Essas punições incluem ficar sem fazer suas coisas preferidas, não sair de casa durante determinado tempo, ou podem ser mais severas e “duvidosas”, como o castigo que Karen Mejía aplicou à filha. O caso aconteceu no México e saiu em vários jornais locais, já que não é todo dia que se vê tal forma de educar.


Karen compartilhou em seu perfil no Facebook fotos de como resolveu educá-la para saber “que a vida custa”. Ela pode ser vista vendendo balas em uma rua de Reynosa, carregando uma placa com os seguintes dizeres: “Vendo balas porque não valorizo o que tenho”.

Na legenda das imagens, a mulher explicou um pouco os motivos de aplicar aquela punição à menina. Ela obrigou a filha a vestir as “piores roupas” e a forçou a vender os produtos como forma de aprender alguma lição. Mejía desejou que ninguém comprasse nenhuma bala da menina, para que ela aprendesse que “a vida custa”. A mãe revelou que o dia estava bem quente e esperava que a menina entendesse os motivos do castigo.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Karen Mejía.

Para Karen, a venda de balas nas ruas era uma forma de a menina enxergar o quanto ela se esforça para lhe oferecer o melhor. Ainda afirmou que não sente vergonha nenhuma de ter agido dessa forma com a menina, já que era o seu comportamento o verdadeiro motivo de vergonha.


Ela finalizou dizendo que, em muitos momentos, não sabe ao certo como agir com a filha e que ser mãe não é fácil. Muitos usuários ficaram indignados com a atitude da mãe, que recebeu muitos comentários negativos acerca da sua postura.

Acusaram-na de promover o trabalho infantil e de exposição de menor, e ainda afirmaram que a forma como ela tratava a menina não era para ensinar algo, mas  para humilhar, e que a humilhação não ensina absolutamente nada a ninguém.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Karen Mejía.

Outro usuário ainda disse que os pais têm responsabilidades com seus filhos, como ajudar na educação e apoiá-los, coisa que ela não fez na ocasião. Mas outra parcela dos seus seguidores concordou com o castigo e defendeu a mulher, dizendo que essa é a melhor maneira de criar pessoas respeitosas.


Para estes 3 signos, a humildade vem em primeiro lugar. Além disso, são exemplos de empatia!

Artigo Anterior

Mulher critica os pais que exigem gratidão e lealdade dos filhos: “Eles não nos devem nada”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.