publicidade

Depois de mãe biológica rejeitar filho autista, madrasta consegue adotá-lo, e comemora!

A relação de mãe e filho, entre Adrieli e Vinicius, agora também é válida perante a justiça!



Costuma-se dizer que pai e mãe são as pessoas que nos criam, não necessariamente aquelas com as quais possuímos laço sanguíneo, e nesse caso em especial, isso é verdade!

Adrieli Garcia Barbosa, uma professora de matemática, de 28 anos, que vive em Vera Cruz (SP), recentemente comemorou a oficialização do relacionamento de mãe e filho com o enteado Vinicius Garcia Barbosa, de 4 anos.

A professora está casada com o pai de Vinicius, Diogo, auxiliar de mecânico, de 24 anos, desde o final de 2017, e, de lá para cá, tem tido um relacionamento muito próximo com o menino, que foi deixado pela mãe quando tinha apenas 5 meses de idade.


Apesar do amor fraterno de um pelo outro, a professora tinha o desejo de formalizar essa relação, por isso, em 2019, entrou com a ação de adoção.

Adrieli disse, em entrevista ao Marília Notícia, que queria garantir direitos a Vinicius, como ter uma mãe de verdade, no papel.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ dri_patriciatj.

O menino já faz parte de sua família e até mesmo chama os pais da madrasta de avós e os seus irmãos de tios, era apenas uma questão de reconhecimento através da justiça, e felizmente o desfecho dessa história foi positivo.

Através da Defensoria Pública, Adrieli conseguiu, no final de setembro, na Vara da Família de Marília, a adoção, a menção na certidão de nascimento do menino e também a possibilidade de dar seu sobrenome a Vinicius, o que foi motivo de grande alegria para ela.


Em seu perfil no Instagram, Adrieli compartilha fotos da rotina com Vinicius e demonstra o amor orgulhoso e verdadeiro, do tipo que só as mães têm.

José Roberto Nogueira Nascimento, o juiz responsável pela sentença, registrou que Vinicius está “bem amparado junto à requerente e seu genitor, onde vem recebendo todos os cuidados necessários ao seu bom desenvolvimento, denotando fortes vínculos socioafetivos com o casal”. Além disso, acrescentou que o menino está “expressando vinculação significativa e satisfatória com o atual núcleo familiar”.

Como todas as suas considerações sobre a realidade de Vinicius foram positivas, ele destituiu o poder familiar da mãe biológica e concedeu a doação unilateral da criança para Adrieli, que agora poderá dizer com todas as letras que é mãe Vinicius, não apenas no coração, mas também no papel.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ dri_patriciatj.

Certamente, essa á uma notícia de muita alegria para a família, em especial para Vinicius, que crescerá com a certeza de que tem uma grande mulher ao seu lado, a qual pode chamar de “mãe”.

Desejamos toda a felicidade do mundo para essa família e que seu vínculo se fortaleça a cada dia!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.