Depois de muitos fracassos, aprendi que precisamos tentar para errar, errar para aprender e aprender para melhorar



Precisamos falar sobre nossos fracassos

O mundo, cada vez mais, parece nos exigir movimentos perfeitos, em momentos certos, com as pessoas corretas. Parece não existir espaço para fracassos.

Talvez tenhamos sido criados assim desde os tempos de escola, com nossos pais não aceitando erros, com nossos chefes, amigos, companheiros de trabalho e parceiros no amor evitando conversas que embatam o erro, e agora, vendo um mundo perfeito em cada post pelas redes sociais. E será que não fracassamos? Será mesmo que tudo precisa ser perfeito o tempo todo?

O perfeito não tolera erros, e não errar significa não tentar.

Talvez, por isso, estejamos estagnados em nossas carreiras e infelizes em nossos relacionamentos, presos em postagens alheias que buscam mostrar uma felicidade que, algumas vezes, não existe, em um lugar que, talvez, não queríamos estar. Cercado por pessoas que, provavelmente, não nos fazem felizes e em um trabalho que não agrega mais.

Porque fazemos isso com nossas vidas?

Acreditamos que expor nossos fracassos seja como abrir uma ferida e deixar todo mundo colocar o dedo. Dói e mostra um lado mais fraco que tentamos esconder do mundo.

Muitas vezes tive a sensação de que apenas eu errava nos empregos que passei, que só eu tinha duvidas na escola e cursos por onde andei, de que só eu tomava decisões erradas em cada relacionamento que vivi. Cada vez que meus pais diziam que eu não sabia fazer isso ou aquilo, a sensação era de que eu não sabia fazer nada, em lugar algum.

E então, descobri que minhas tentativas e fracassos me trouxeram até onde estou hoje. Olhei ao redor e percebi que tudo estava bem, que dentre erros haviam muitos acertos e, sobretudo, muito aprendizado.



Precisamos compartilhar nossos fracassos

Quando não compartilhamos nossos erros ou dúvidas e fingimos saber tudo, perdemos a oportunidade de aprender e nos tornamos pessoas melhores. De ter relacionamentos mais saudáveis. De inovar, descobrindo novos caminhos em todas áreas de nossas vidas.

Depois de muitos fracassos, aprendi que precisamos tentar para errar, errar para aprender e aprender para melhorar.

Sem essa atitude corremos o risco de ficarmos estagnados e alimentar um medo que nunca levou ninguém a lugar nenhum. Se não tentar, nunca saberá se vai, se está errando, no caminho de aprender e melhorar. Nunca descobrirá se aquela pessoa toparia sair contigo. Nunca aprenderá como agradar alguém que já esteja em sua vida. Nunca saberá se sua equipe gosta de você como funcionário, ou o vê como um líder.

Cada fracasso abrirá novas oportunidades e te aproximará de pessoas que também falham e aprendem com isso. Respeite seu passado, mas siga em frente.

A grama nas postagens da rede social do vizinho sempre vai parecer mais verde, e se você usar apenas o que vê na internet como base para mover sua vida, é provável que nunca saia do lugar e fique aí sentado passando posts com os dedos em um sofá aconchegante, olhando a vida passar pela janela lá fora, onde todos os que tentam, fracassam e melhoram, estão vivendo suas vidas.

Abraços e boas escolhas!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf /inesbazdar






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.