ColunistasRelacionamentos

Depois do temporal…

DEPOIS DO TEMPORAL capa

Ver o passado no passado me causa certa estranheza. Sinto um frio na barriga ao sentir-me tão leve, é que dá medo de sair flutuando como um balão sem destino por aí.



Aliás, se eu fosse um balão seria azul, pois me lembra o mar, me lembra o céu, que me lembra vida.

E a vida tem que ser vivida. Ás vezes olho no espelho e vejo algumas marcas, mas meu coração pulsa tão vivo dentro do meu peito, que toda essa pulsação me distrai.

depois-do-temporal-capa


Me distrai das lembranças dos dias em que amar doeu. Me distrai de todas as vezes em que fiz reparos a sangue frio, em que costurei a alma sem anestesia.

Dos dias que aquela sensação de fracasso parecia ser eterna, de dias que as lágrimas me traiam antes do café da manhã e escorriam pelo meu rosto sem autorização… há esses dias…. Agora só consigo me lembrar deles como um borrão.

Vai por mim, vai ser assim com você também.

A gente não queria, mas a dor precisa ser sentida, e essa é a mais dura verdade. Ela vem como uma tempestade que te impede de brincar na calçada, de tomar sol, e vem ladeada de tristes nuvens cinzas. Mas também é verdade que ela passa.


E então você não é mais a mesma pessoa. Você vai se sentir tão bem a ponto de tomar um café com seus medos, e tentará convencê-los que do lado de cá a vida é mais leve, mais bonita.

Você vai olhar para o passado e vai cumprimentá-lo com uma respeitosa reverência, mas ao invés de lutar com ele você vai apenas seguir em frente.

A gente nunca sabe o que o “seguir em frente” significa, mas a gente pode usar a criatividade e explorar todas as oportunidades que tivermos para sermos felizes.

A gente vai andar sem rumo por uma cidade iluminada por aquelas luzinhas que parecem reuniõezinhas de vagalumes, vai comprar um sorvete de casquinha mista, vai olhar as estrelas e ser grato.


Porque ao invés da dor podar você, ela fez de você alguém melhor. A dor do passado foi capaz de fazê-lo perceber-se em momentos assim, em que a felicidade quase pode ser tocada, porque um dia você soube o que era não tê-la por perto.

E vai por mim, vai ser assim com você também.

Deixa-me amar você….

Artigo Anterior

É necessário antes estar sozinho, chorar sozinho, para se estar junto…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.