4min. de leitura

Derreta-se de amor-próprio porque a Amélia “que era mulher de verdade” é “fake news”

Sagrado feminismo! Derreta-se de amor-próprio porque a Amélia “que era mulher de verdade” é fake news”. Reprograme-se para tecer a sua realidade a partir dos seus sonhos e do movimento genuíno da sua essência. Assuma o seu poder e toda a sua força criativa se manifestará.


O plantio desta ideia doentia de subordinação e objetificação gerou frutos podres e uma sociedade adoecida pede mudanças urgentes. O fracasso social deste modelo foi anunciado pela vovozinha, que mesmo cega e doente carregava lucidez e consciência do seu papel na vida e no mundo.

A matriz, a vovó, o arquétipo feminino deve se equilibrar entre força e poder, para que não seja devorado pelo sistema “lobo mau”. Tudo na natureza deve lutar para sobreviver com os recursos que tem, mesmo dentro do bucho de um lobo!

Ficar chorando pelo que não tem a deixará em piores condições. Há momentos em que a sobrevivência vale mais do que a filosofia. Aja!

Sair do bucho do lobo se faz necessário. É hora de emergir do transe, bater a poeira e deixar o mundo das possibilidades girar. Assumir a própria história, trilhar na floresta, controlar o fogo e dançar a própria dança, porque antes mesmo das fadas madrinhas chegarem para nos defender, já tínhamos aprendido a temer lobos e desconfiar de lenhadores.


Desde uma ameba à uma baleia, todos os sistemas prosseguem em direção àquilo que é essencial! Estamos evoluindo e fluindo com a vida, esta dinâmica acontece em todos os níveis.

Tudo que vai contra o que está estabelecido dá trabalho. É preciso ação, estratégia, planejamento e comprometimento. E aí? Vai ficar esperando o cavalo branco?

Dizem que quem não tem cavalo de raça monta no cabo da vassoura! Se for preciso, use o cabo da vassoura, porém jamais pense que você não merece o cavalo de raça.


Cada dia contém o seu desafio. Acredite e confie. Viva a “vida como ela é”, sem ilusões, mas nunca se perca dos seus sonhos porque eles a conduzirão.

Sempre existirão aquelas que estarão inconscientes e presas, perguntando: “Espelho, espelho meu…” e esperando que alguém lhes traga respostas. Todas as respostas estão refletidas no espelho, exatamente naquela alma que, de tanto ser negada, tornou-se pouco conhecida.

Reconheça a força da sua alma e a sua capacidade de cocriação. Solte, ninguém dominará uma pessoa que abre mão dos apegos.

Solte os apegos e será livre. Acredite que você pode, porque pode! A fada sensata tem um recado para você: “O impossível demora um pouco mais! Só um pouco.”


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.