Comportamento

Médico alerta: “Enquanto você posta foto na praia, na balada ou no bar, estamos vendo a segunda onda vir”

medico alerta Enquanto voce posta foto na praia na balada ou no bar estamos vendo a segunda onda vir

Cansado da falta de responsabilidade de muitas pessoas, o médico publicou o desabafo no Instagram. Confira a mensagem completa!



Há quase um ano, a pandemia de coronavírus explodiu no mundo inteiro, desde então, todos nós temos aprendido a viver uma realidade diferente, de menos contato físico e aglomerações, e mais consciência sobre a nossa saúde e a das pessoas ao nosso redor.

No entanto, para muitas pessoas, essas lições ficam apenas “no papel” e nunca são aplicadas na vida real, e é também por isso que o nosso país está vivendo um momento muito sério. São mais de 8 milhões de casos confirmados e mais de 203 mil mortes até então.

Apesar de esse número continuar crescendo de forma alarmante, ainda é muito grande o número de pessoas que não cumprem as medidas de isolamento de forma correta e acabam expondo a si mesmos e os seus familiares ao vírus, que já mostrou não fazer distinção de idade ou condição de saúde.


Todos nós somos afetados por conta da falta de responsabilidade daqueles que desobedecem ao isolamento, mas algumas pessoas testemunham as consequências dessas atitudes mais de perto, como os profissionais de saúde, que todos os dias lutam para salvar vidas do novo vírus.

Muitos desses profissionais compartilham desabafos e relatos em suas redes sociais, pedindo atenção da população. Um deles, o médico Diego Vieira, que também é professor de História, usou sua página de grande alcance no Instagram para fazer um sério relato, seguindo de uma reflexão sobre como temos agido nos últimos meses.

No relato, Diego comenta sobre três situações que viveu em seu plantão na linha de frente em um hospital de Baturité, no interior do Ceará:


 




Ver essa foto no Instagram



 

Uma publicação compartilhada por Imagens & História (@imagens.historia)

Depois de falar sobre esses três casos, o médico mostra profunda certeza de que as pessoas não escutariam suas repreensões ou comentários de quem tem experiência no assunto.

Ele comenta que os profissionais de saúde estão se sentindo ignorados pela população e se sentindo exaustos, deprimidos e desesperançosos, e que, enquanto isso, o número de mortes apenas aumenta.

Diego diz que enquanto muitos postam fotos na praia, na balada ou no bar, os profissionais estão testemunhando a segunda onda vir com força redobrada, e que estão sem força alguma, porque ninguém os escuta.

O jornal Extra conversou com o médico e, ao perguntar-lhe qual seu maior desejo para 2021, ouviu que é ver em prática “uma campanha séria, organizada e ampla de imunização”, e que essa é a nossa única esperança.

Quanto a uma mensagem para os seguidores, o médico disse que eles precisam acreditar naqueles que estudaram ciência a vida toda.

Um relato realmente muito forte e pertinente. Cabe a todos nós mudar a realidade atual, para isso todos precisamos fazer a nossa parte, respeitando a nós mesmos e aqueles ao nosso redor.

Compartilhe esta mensagem de conscientização nas redes sociais!

A geração de filhos “órfãos”, que são trocados pelos celulares dos pais

Artigo Anterior

“Meus dois filhos precisam de rins, mas eu só posso doar um”: o drama de uma mãe da Inglaterra

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.