Desacelere, use a calma e a paciência, isso é sinal de sabedoria

4min. de leitura

Se você é daqueles que perdem a calma com facilidade, este texto é para você, e vou lhe mostrar por que ser assim é altamente prejudicial a você.



Veja bem, a vida em si já é cheia de obrigações, regras a serem seguidas, contas a serem pagas, consumismo excessivo, uma correria que nem Deus aguenta. Você mal abre os olhos de manhã e já tem de correr, correr para se arrumar, correr para tomar o café, correr para pegar o ônibus ou um trânsito mais tranquilo. Você nem sente mais o gosto da comida, só a engole. Ou seja, um caos logo de manhã, e tudo isso só para conseguir sobreviver, ganhar, às vezes, pouco dinheiro que só sobra para pagar as contas. E, quando você se dá conta, já está com 30 anos, virando tio, e não sabe o que fez da sua vida.

Em um mundo em que manter status é sinônimo de “felicidade ou poder”, é ter um corpo bonito, uma vida fitness, o trabalho dos sonhos, o carrão do ano, eu lhe pergunto: para quê, se não levamos nada dessa vida?

Pare tudo!

Meu conselho é: pare tudo! Pare um pouco, relaxe, respire, analise como você se sente. Em vez de fazer coisas de que não gosta, procure algo de que gosta, tire um tempo. Sei que, com a correria do dia a dia, isso se torna difícil mas, meu amigo, a vida está passando e você está aí, sobrevivendo e não vivendo.


Aproveite que você é novo, que ainda tem energia e vá atrás do que lhe faz bem, ouça música, leia um livro, saia com amigos, beba um vinho com calma, aprecie o gosto pela vida, não se prenda a coisas que não vai levar, desligue um pouco esse celular, não se prenda a dinheiro, não se prenda a coisas materiais, tudo isso fica aqui. Não compensa passar a vida correndo atrás daquilo que você não vai levar.

Ter esse momento de paz consigo mesmo, em que o tempo é só seu, para você fazer o que quiser, ajuda-o a manter a calma e a sua sanidade mental.

Em vez de…

Eu costumava ser uma pessoa muito estressada, qualquer coisa me irritava, mas percebi que isso estava me fazendo muito mal, não estava rendendo nada além de sentimentos negativos, até que chegou um dia em que dei um basta, e hoje, em vez de discutir, eu concordo; em vez de correr, eu ando devagar, eu respiro; em vez de nadar contra a correnteza, eu boio e deixo para ver aonde ela vai me levar.


E posso lhe contar algo? Estou muito melhor assim, estou mais feliz, agora eu estou realmente aproveitando as coisas simples da vida, por exemplo, dou mais valor à comida que como, aprecio o seu gosto; quando há situações estressantes, eu não surto, simplesmente tento resolvê-las e, se não conseguir, deixo que a vida resolva, e bola para a frente. Perdemos muito tempo nos preocupando com coisas fúteis e não aproveitamos as pequenas coisas maravilhosas que a vida nos oferece.

Abra seus olhos e aproveite enquanto há tempo!

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 27/11/2019 às 0:50






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.