publicidade

Desapegar para atrair o que deseja…

Parece contraditório dizer que para atrair algo que você quer primeiro precisa desapegar. E toda aquela história da lei da atração? Afinal a gente não precisa mentalizar?

Não é verdade que nosso cérebro não sabe distinguir o que é real do que é imaginação? Então, se a gente visualiza algo ele entende que é verdade e trabalha para nos dar condições para que isso de fato se concretize?



A resposta é “sim” para todas as perguntas acima.

Mas o fato é que primeiro a gente deseja, sonha, idealiza, parte para ação, faz tudo o que está ao nosso alcance e depois desapega. É a lei do desapego trabalhando em conjunto com a lei da atração. Quando você faz tudo o que pode, o próximo passo é deixar que o universo trabalhe a seu favor, deixar Deus agir…  Se você tenta o tempo todo controlar a situação, você impede o agir de Deus, você segura algo que é para ficar nas mãos dele e ele, que nos deu o livre-arbítrio, jamais vai pegar uma situação para resolver, se estivermos em posse dela.

O primeiro passo é sabermos que somos, sim, responsáveis pela nossa vida, mas não temos o controle de nada. A nós cabe apenas a ação e, à vida, a reação.

Certa vez ouvi uma frase que nunca saiu da minha cabeça e ela diz assim: “Leite vigiado não ferve.”. Já lhe aconteceu de colocar um leite para ferver, ficar de olho e nada, daí você se afasta para pegar algo e o leite derrama no fogão? Bastou uma distração e pronto. Ou então quando você tem um dia extremamente atarefado e quando se dá conta são duas da tarde e nem sequer almoçou e quando não tem nada para fazer os ponteiros do relógio parecem engatar a marcha ré?

Pois é, quando a gente se distrai, entrega, desapega, a gente deixa Deus livre para trabalhar e a nossa vida flui. Você libera para o universo uma certeza linda de que tudo vai dar certo, de que tudo já foi feito e que sabe que os resultados virão.

Ansiedade faz mal ao fígado, aos relacionamentos com os outros, com Deus e consigo mesmo. Deixe a vida lhe surpreender! Para isso, às vezes, nada se vê. É como uma festa surpresa que só tem graça porque o homenageado não sabe de nada. E cá para nós… Já pensou se pudéssemos controlar o que nos acontece? Saber exatamente qual vai ser o próximo passo, ter uma vida completamente previsível?


Certamente seria uma frustrante monotonia. Viver sem o inesperado, sem o frio na barriga diante do desconhecido…

Por isso pare de querer brincar de Deus, chega de tentar fazer com que o universo conspire a seu favor a todo custo. A Terra não vai girar mais rápido porque você quer, ao contrário, ela seguirá seu ritmo e sua percepção será de que a rotação está mais lenta, o que vai lhe deixar cada vez mais distante do que você quer.


Não foque no que lhe falta, assim você emana ao universo que não tem aquilo e tudo o que você transmite volta para você, ou seja, você vai potencializar essa falta.

É como uma pessoa solteira que reclama porque não tem ninguém, e só aparece gente que não quer nada e quanto mais pensa nisso e repete isso, mas ela reforça essa condição e não consegue atrair alguém especial. Mas se você trabalha em prol do que quer, por exemplo, cuidando da autoestima, tornando-se alguém mais interessante, bem-humorado, sem carências afetivas, você vai atrair pessoas assim, com essa mesma energia.

Então trabalhe em prol dos seus sonhos, siga em direção às suas metas e desapegue.

Libere suas mãos para receber o novo, para segurar os resultados das suas ações, para colher tudo o que está plantando. Libere Deus para que ele possa trabalhar conforme a vontade dele, libere a energia da fé, da confiança e o universo se encarregará de encaixar todas as peças para o seu sonho se realizar.

________

Direitos autorais da imagem de capa: fesenko / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.