Pessoas inspiradoras

Desconhecidos se comoveram com menino que vendia geladinhos e acabaram com seu estoque!

Um ato muito significativo de compaixão e empatia. Confira!



Ver crianças nas ruas, tendo que trabalhar nas mais diversas funções para ganhar uns trocados para ajudar a cuidar de suas famílias, é algo que mexe com todos nós. Sabemos que elas deveriam estar na escola, estudando e acumulando conhecimentos para ter vidas melhores, mas isso nem sempre é possível, porque em muitas famílias elas não têm outra opção.

Como não podemos ajudar todas as crianças que precisam trabalhar, oferecendo às suas famílias melhores condições de vida, procuramos maneiras mais acessíveis de exercitar a empatia, mobilizando-nos para ajudá-las nem que seja apenas no momento em que as encontramos.

Já compartilhamos por aqui muitas transformações especiais feitas em favor de crianças que vivem em condições complicadas, e hoje trazemos outra que, apesar de ser bastante simples, foi significante para o menino ajudado. No ano passado, um grupo de caminhoneiros se uniu em prol de uma ação de compaixão e bondade para com um menino que precisava de anjos humanos.


Direitos autorais: reprodução.

Os trabalhadores encontraram uma criança vendendo geladinho num posto de combustível. A situação, que é bastante comovente, chamou a atenção dos caminhoneiros, que decidiram descobrir o porquê de o menino estar nas ruas.

De origem humilde, a criança vendia geladinhos para realizar um sonho muito particular: ela queria juntar dinheiro para ir a outra cidade, a fim de conhecer sua sobrinha, que nasceu prematuramente.

Seu objetivo era juntar o valor de R$ 60,00 para ir à cidade e voltar dela. Os geladinhos são uma guloseima muito simples, por isso são muito baratos. Sabendo disso e tocados pela situação do menino, os caminhoneiros se uniram para ajudá-lo a conseguir visitar a bebê.


Os caminhoneiros doaram R$ 100,00 ao menino e não tinham a intenção de ficar com os geladinhos, pois queriam que ele os vendesse e assim aumentasse a sua verba para a viagem. O menino ficou emocionado e incrivelmente feliz por encontrar pessoas de coração tão generoso.

Direitos autorais: reprodução.

No entanto, ele fez questão que os desconhecidos ficassem com os geladinhos, porque temia que sua mãe não acreditasse que ele havia vendido todos. O caminhoneiro que gravou o vídeo ficou bastante emocionado com esse encontro inesperado e pediu que Deus abençoasse o menino. Infelizmente, não temos o nome de todos os envolvidos nessa linda ação, mas deixamos aqui a nossa admiração. Por mais atitudes como essa no mundo!


Aos 42 anos, Sheila Mello publica vídeo dançando e é criticada: “Deixa isso para as novinhas”

Artigo Anterior

Enigma matemático que tem queimado os neurônios de muita gente. Você consegue resolver?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.