Pessoas inspiradoras

Cozinheira desempregada decide arrecadar alimentos e fazer marmitas para pessoas necessitadas

Sem Titulo 1 32

Uma ação de muito amor e solidariedade para com quem precisa. Confira!



A pandemia colocou muitos de nós em situações de dificuldade. A falta de emprego, renda e de apoio para cuidar de nossas famílias têm sido um dos nossos maiores dilemas diários no último ano.

Nessa situação, várias pessoas podem se permitir ser dominadas pelo medo, desespero e falta de esperança. Por outro lado, existem aqueles que usam as horas difíceis como grandes oportunidades de mudar a realidade ao seu redor, através de ações que transformam vidas.

Esse é o caso da cozinheira Vera Lúcia Rosa de Oliveira. A mulher de 55 anos, que vive em Goiânia (GO), deu início a uma iniciativa especial num dos momentos mais complicados de sua jornada.


Segundo contado pelo G1, a cozinheira está desempregada desde agosto de 2020 – foi demitida da empresa onde trabalhou por cinco anos. Ao ver algumas reportagens de pessoas que passavam por sérios problemas, por conta da pandemia, inclusive fome, ela decidiu que usaria o seu dom na cozinha para apoiar aqueles que precisam, encontrando uma maneira especial de usar o seu tempo.

Vera pediu ajuda nas redes sociais e aos amigos e familiares para juntar alimentos e, após três dias de arrecadação, conseguiu o suficiente para começar a produzir marmitas que doaria àqueles que estão passando fome.

No último dia 21, a cozinheira conseguiu, com o apoio dos filhos, preparar, montar e entregar 60 marmitas que, na hora do almoço, foram entregues em uma casa de apoio no Setor de Campinas.

sem titulo

Direitos autorais: Vera Lúcia/arquivo pessoal.


Vera disse que se sentiu feliz e grata em poder ajudar as pessoas que estão sofrendo por conta da pandemia. No entanto, não deseja parar nessa primeira ação.

Ela anunciou que sua campanha ainda está funcionando, mas que precisa continuar contando com apoio das pessoas para juntar os alimentos, já que não possui um trabalho com renda fixa para bancar o seu projeto.

Entre os alimentos que a cozinheira arrecada para a produção das marmitas estão arroz, feijão, macarrão, carne, frango, verduras e óleo. Vera também precisa de utensílios para produção, para servir a comida e para que os assistidos possam comer, como máscaras, luvas e talheres, além de embalagens para as marmitas.

Vera é a prova da empatia e generosidade que este momento tem despertado nas pessoas. Esperamos que ela consiga ajudar muita gente e também encontre, através de sua ação, uma maneira de melhorar sua vida.


Compartilhe esta grande iniciativa nas redes sociais!

“Já ficamos um ano sem aula. Mais um é inaceitável”: o dilema das escolas que reabrem na pandemia

Artigo Anterior

Menino no barril: segundo laudo, havia fartura de comida na casa onde a criança vivia

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.