5min. de leitura

Desenganado por médicos, menino de 7 anos com leucemia se emociona ao receber alta do hospital

Menino de 7 anos com leucemia foi desenganado pelos médicos, mas recebeu alta e foi visitado por seus heróis: equipe da Guarda Civil Municipal.


O câncer é responsável por colocar um ponto final nas vidas de muitas pessoas. Ele tira sorrisos, interrompe sonhos e enfraquece esperanças. No entanto, ele nem sempre vence, em algumas situações é superado.

Nesses momentos é impossível conter a alegria e a emoção, porque a vitória representa literalmente uma nova chance de viver.

Quando a superação vem de uma pessoa muito nova, a alegria é ainda mais pura e verdadeira, porque vem acompanhada de muitos sonhos e oportunidades incríveis de viver a vida como ela realmente merece ser vivida.


A história que trazemos hoje para você é uma desses com o final feliz, que alimenta a esperança e a felicidade no coração de todos nós.

O menino Marcelo Otávio Gomes, de apenas 7 anos de idade, já enfrentou muitos desafios em sua vida, apesar da pouca idade. Ele foi diagnosticado com leucemia com há alguns meses e enfrentava um tratamento de quimioterapia muito rigoroso, que comprometia sua saúde e o colocava em sério risco de vida.

A médica de Marcelo, Luiza Milaré, em determinado momento do tratamento avisou a família que as chances de sobrevivência do menino eram poucas, e os preparou para a perda que estava por vir.

“O quadro dele era grave. Ele chegou enfraquecido e ficou mais doente pelo efeito da quimioterapia (…) Desconfiamos de leptospirose no início e ele até precisou ser entubado. Chegamos a avisar à família que ele não sobreviveria. Ficamos todos surpresos com a evolução dele e estamos muito felizes”, contou Luiza.


Durante o tempo em que ficou internado no hospital, uma situação em particular chamou a atenção de Marcelo e fez com que ele conhecesse seus novos heróis preferidos.

Durante uma simulação de incêndio no hospital, no início de agosto, os guardas municipais estavam presentes e foram convidados para visitar o menino. Eles se emocionaram com a história de Marcelo e fizeram desse tempinho juntos uma experiência muito especial.

“Lembro que no dia eu estava dando banho nele e fomos rápidos para poder receber a visita. O sonho dele era ver os oficiais de perto e ficamos muito felizes com a presença no hospital”, conta Simone Nascimento, mãe do menino.

No dia 20 deste mês, a mudança de vida de Marcelo começou. Após todas as lutas, o menino finalmente conseguiu reverter a sua situação e voltar para casa. Em sua festa de despedida do Hospital do Câncer Infantil (Gpaci) de Sorocaba (SP), havia muita emoção e alegria, dele, dos familiares, dos funcionários do hospital e também de seus grandes heróis, os guardas municipais que foram convidados e compareceram a este momento tão especial.

Até fantasia teve para essa festa, que certamente foi a mais importante que a família já comemorou. Marcelo tinha o traje cowboy, escolhido por ele mesmo e também uma farda que recebeu de presente dos seus amigos da guarda municipal.

Poder ver a alegria do menino com a oportunidade de seguir a sua vida foi muito emocionalmente para todos que estavam presentes:

“Como pai, nós da equipe nos emocionamos e buscamos ajudar para que o Marcelinho possa começar essa nova fase com mais esperança e motivação”, comentou o guarda municipal Armênio.

Marcelo ainda precisará voltar ao hospital por dois meses, para realizar exames e acompanhar o diagnóstico de sua condição, mas a pior parte já passou e agora a família poderá retomar a sua rotina com mais alegria.

Uma grande vitória para o menino Marcelo e uma imensa alegria para todos nós que podemos testemunhar uma criança com a oportunidade de viver de verdade, com toda a saúde e alegria que merece. Desejamos o melhor para toda a família!

Compartilhe essa história em suas redes sociais!

*Com informações de G1.


Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: Reprodução/TV TEM e Mayara Corrêa/TV TEM.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.