publicidade

Desistir nunca será uma opção para quem se alicerça nos caminhos da fé

Prefiro me levantar quantas vezes forem necessárias, pois desistir nunca será uma opção para quem se alicerça nos caminhos da fé…

Já aconteceu um dia de eu acreditar que tudo poderia ser sempre bom e que todas as pessoas quisessem o meu bem. Certamente, essa fase passou tão rápido quanto a minha infância, mas eu guardei em meu coração a essência de acreditar que o melhor sempre pode florescer, desde que tenhamos a bondade plantada em nosso interior e a espalhemos onde nossos pés caminharem.



Sou um tecido ainda em construção, cheio de remendos, cicatrizes que me fizeram mais forte e costuras que me fizeram acreditar que sempre posso seguir em frente, apesar de qualquer obstáculo que queira que eu desista no meio do caminho ou apesar de qualquer pessoa que queira destruir os sonhos que projetei em meu interior.

Aprendi a ser forte e guardo o meu sorriso de criança porque tenho certeza de que a esperança bate à minha porta toda a vez que eu invisto em minhas certezas.

Elas vêm da fé de que Deus pode sustentar os meus passos e me conduzir ao caminho das realizações.

Cresci, sim, mas há vezes em que me sinto engatinhando, outras nas quais me vejo caindo, mas, como toda criança, prefiro me levantar quantas vezes forem necessárias, pois desistir nunca será uma opção para quem se alicerça nos caminhos da fé.


A persistência da criança ainda pulsa dentro de mim e meus olhos ainda brilham quando sinto aqui dentro que os sonhos sempre serão possíveis de serem realizados.

Permaneço fantasiando que as pessoas sempre podem melhorar e mesmo que elas me entristeçam, às vezes, aprendi que mágoas não se guardam, pois elas nos impedem de sorrir e podem nos distanciar das pessoas que são mais importantes para nós do que qualquer birrinha sem sentido.

Devemos aproveitar o tempo que temos para deixar florescer a nossa capacidade de ser luz e de plantar em nossos caminhos tudo aquilo que frutifica.

A evolução da nossa essência só é possível quando aprendemos que, mesmo que tudo seja dor, devemos plantar o amor; que o perdão sempre será mais bonito do que uma mágoa; que um sorriso sempre poderá florir o dia de alguém; que chorar junto com os que choram também é uma forma de plantar o amor e que ter o coração puro como o de uma criança é como ter um tesouro escondido dentro da gente.


Por isso, prefiro guardar comigo a essência de uma criança que se esquece rapidamente daquilo que lhe provoca o choro; que, mesmo caindo várias vezes, não desiste de caminhar ou de se levantar; que tece sonhos assim como tem a certeza de que os alcançará; que faz do seu espaço o lugar mais bonito para se estar, pois planta nele tudo aquilo que é capaz de transformá-lo em uma morada de paz;  que sorri todas as manhãs porque já acorda sendo abraçada pelas certezas que Deus dá…

Que nunca desiste de acreditar que recomeços são sempre possíveis e necessários e que Deus sempre terá caminhos novos e floridos para os meus pés cansados.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: andron19821982 / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.