6min. de leitura

Despertar não é sair da caixa, mas compreender que você vive dentro de uma!

Durante muito, muito tempo você procura uma “caixa”. Algumas pessoas fazem parecer tão fácil encontrar sua caixa! Mas nenhuma parece ser do tamanho certo para você!

Para não ficar “desencaixado” você se ajusta  – e se esforça um bocado! – para caber em alguma caixa. Perde ou ganha uns quilos. Quebra uma perna e um braço. Tudo para caber naquele espaço.


Enfim, você não é mais um peixe fora d’água. Bizarro. Esquisito. Pode respirar aliviado sem se preocupar com os martelos que sempre procuram os pregos que se destacam!

Finalmente, você é igual a qualquer outra pessoa! Verdade? Mentira!

Sustentar uma fraude custa um alto preço. Sim, você está mentindo, e embora tenha se tornado habilidoso nisso, você não mudou! Como o cisne da fábula infantil, você não virou pato. Continua a mesma pessoa diferente e desencaixada


As dores e os sofrimentos que você infligiu ao corpo serão cobrados. Já experimentou perguntar ao corpo o que ele acha do seu trabalho? E do seu relacionamento? Já agradeceu ao corpo por ter que suportá-lo?

Durante anos você tratou mal seu corpo e o torturou com julgamentos. Foi praticamente uma consciência arrastando um corpo com quem jamais teve uma relação. Não é de admirar que a falta de contato com o corpo seja a causa de muitas doenças e da absurda dificuldade que a sociedade tem de lidar com a sexualidade e com o erótico.

Para algumas pessoas, as sessões de Barras de Access Consciousness™ e processos corporais como o MTVSS™ são a primeira vez que elas tomam consciência do corpo. É um presente incrível assistir as pessoas se surpreenderem com a energia e a vibração de seus corpos!

Devido ao pensamento dicotômico, essa consciência foi perdida. Esse resgate, por si só, promove muitas curas, porém, penso que o dano mais grave está na perda da conexão com a Consciência Superior.


Cada pessoa é como uma empresa, um empreendimento que nasce com um propósito fantástico: tornar tudo muito maior! Se eu recebo mais, compartilho mais e todas as pessoas que recebem de mim podem compartilhar mais também. Todos recebem. Todos ganham!

Na empresa EU SOU o EU SUPERIOR é o CEO, que conta com o auxílio de vários funcionários: o corpo, a mente, o coração e o ego.

Na medida em que o imaterial se tornou menos reconhecível, pois, tudo precisava ser provado, a Alma virou uma espécie de alegoria, um fantasma. Isso deu a mente um espaço que ela não tinha!

Foi aí que começou a ditadura da caixa, com a mente governando nossas vidas!

Ela funciona exatamente como um computador avançado. Calcula, resolve problemas, cumpre agendas… segue critérios lógicos, logarítmicos. Dê um número para a mente que ela adorará passar horas e dias gastando toda sua energia vital com essa tarefa inútil!

Uma coisa que a mente não faz é perceber porque a mente nunca nega a si mesma. É fácil diferenciar a mente da Essência porque a primeira sente necessidade de fazer sentido e provar que está certa. A Alma jamais julga ou discrimina.

Se uma situação é desconhecida, a mente buscará um parâmetro, um modelo. Acredito que foi desse mecanismo que surgiram alguns dos mais devastadores sentimentos: a inveja e a competição. A mente compara para saber o que significa aquilo e cria um conceito como certo. Mas quem disse que o conceito de sucesso do João é correto para todos? E se isso só funcionar para o João?! A mente não tem como fazer esse crivo porque ela não tem a capacidade de percepção que a Consciência Superior tem. Ela sabe o que é verdadeiro e o que é falso simplesmente porque é e não porque se apoia em dados estatísticos do Instituto Datafolha. Isso é coisa da mente, que adora acumular informação, cursos e títulos, para se alinhar a corrente – ou para criar a nova corrente, uma vez que mente é ordem. Consciência é caos.

Despertar não é sair da caixa – é compreender que você está dentro de uma. Passa-se a ter a escolha de ficar ou sair para ver o que existe fora da caixa.

Ser exuberante, diferente, bizarro, incompreendido, louco, alienado, estranho. Receber todos os julgamentos negativos, todos os julgamentos positivos e, independente do que eles sejam, não ser reativo. Guiar-se pela Consciência Superior. Viver em paz com todas as unidades de seu Ser. Ser Luz. Ser simplesmente você, sem julgamentos.

Despertar é amadurecer. É querer ser muito maior do que a caixa que você criou ou escolheu viver. É transcender os limites, as barreiras que sua mente estabeleceu para reconectar todas as dimensões do Ser. Cuidar melhor do corpo, das emoções, da própria mente e aprender com a consciência a habilidade do “receber não só para si”.

De repente, você injetará tanta luz em sua vida e no mundo, que entenderá que ser desencaixado é simplesmente ser exuberante!

_____________

Direitos autorais da imagem de capa: Chansereypich Seng on Unsplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.